top of page

Aberta a X Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Jardim São Benedito





Com o tema "Ciências básicas para o desenvolvimento sustentável", a X Semana Nacional de Ciência e Tecnologia foi aberta nesta quarta-feira (18), no Jardim São Benedito. O evento nacional tem a organização local da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct), é gratuito e aberto ao público em geral. A banda da Seduct e a Creche Escola Municipal João Siqueira dos Santos, na Tapera, se apresentaram durante a abertura.




O secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, deu as boas-vindas ao público presente, ao lado do secretário da Casa Civil, Suledil Bernardino, que representou o prefeito Wladimir Garotinho. Também participaram da abertura, a subsecretária de Ciência e Tecnologia, Suzana da Hora; a atual vice-reitora e reitora eleita da Uenf para o próximo ano, Rosana Rodrigues; o pró-reitor eleito da Uenf, Fábio Olivares; Pró-reitor do IFF, José Augusto Ferreira, e o vice-diretor da UFF, Rodrigo Monteiro.





O subsecretário de Igualdade Racial, Gilberto Totinho; a assessora chefe da Vigilância Sanitária, Vera Cardoso de Mello e o secretário de Meio Ambiente, René Justen, também estiveram presentes.




O secretário de Educação ressaltou as mudanças ocorridas na Educação de Campos.


"Em 2021, era muito difícil ver o brilho nos olhos de nossos educadores. Hoje, através das reformas, obras de manutenção, entregas de laboratórios, valorização profissional, estamos vendo as transformações. Hoje, estamos vendo aqui crianças de 3 e 4 anos apresentando trabalhos de cultura e arte. E esses pequenininhos vão estar amanhã nas universidades. Essa feira é uma agenda que vale a pena conhecer nesses três dias. Tenho muito orgulho de fazer parte desse trabalho. A esperança voltou a fazer parte da educação municipal e esta vai ser uma semana de muita alegria e curiosidade. Temos muita coisa inovadora para mostrar", disse Marcelo.




Suledil Bernardino falou da importância do pensar científico. "Essa reflexão é fundamental porque é dessa massa crítica que vão sair os futuros cientistas do país. Fico muito feliz de estar aqui vendo esse movimento, muito maior que o ano passado. Sem dúvida, ano que vem será ainda maior. Que seja uma semana profícua e cheia de descobertas", disse.



Suzana da Hora enfatizou o comprometimento do município com a educação e a tecnologia. "Quero agradecer ao prefeito Wladimir Garotinho e ao secretário Marcelo Feres por todo incentivo que têm dado à Ciência em nosso município. A tecnologia hoje está cada vez mais presente na vida de todos e, por isso, é fundamental que faça parte do processo de ensino-aprendizagem de nossas unidades escolares", falou Suzana.



Coordenadora da Feira, Carla Salles, falou sobre a polarização da ciência. "Essa é uma experiência grandiosa. Temos educadores comprometidos e essa participação das escolas representa uma experiência singular, que reúne a Educação Infantil, universidades, empresários, todos se mobilizando em torno de uma identidade mais cidadã, da inclusão social, autonomia do ensino e qualidade de vida. Nossa missão é transformar a vida de nossas crianças", falou Carla.


Universidades



Já Rodrigo Monteiro, ressaltou a importância da feira, que é uma oportunidade para as universidades mostrarem seus trabalhos. "Estamos vendo aqui as universidades interagindo com a educação básica e tendo a oportunidade de expôr suas práticas de produção cultural. É um momento fundamental para a universidade divulgar seus trabalhos e mostrar que é para todos", disse Rodrigo.



Rosana Rodrigues também falou sobre a Uenf estar de portas abertas para a comunidade. "Temos um projeto na universidade que recebe a comunidade para conhecer a Uenf, então, os professores podem levar seus alunos para conhecer todo o espaço. Esse evento realmente é muito importante para fomentar essa aproximação com a comunidade, pois, somente através da educação um município se desenvolve de forma plena. Temos que sair dos campus e fazer o que estamos fazendo hoje, compartilhando e trocando saberes", comentou Rosana.





José Augusto pontuou que esse é um dos eventos mais importantes do Brasil, ocorrendo em todo país. "Estamos demonstrando nossa capacidade de produzir ciência e tecnologia. Fiquei muito emocionado ao ver crianças de 3 e 4 anos apresentando trabalhos. Isso vai mudar para sempre a vida dela, podendo ser um ser humano brilhante e criativo", comentou.





O evento vai ser realizado até sexta-feira (20). Durante esses três dias, além de diversas atividades, haverá a IX Feira Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação de Campos dos Goytacazes (FEMUCTI) e a IV Feira de Ciências do Ensino Fundamental Anos Iniciais. Cerca de 91 órgãos, empresas privadas, instituições, universidades públicas e privadas, autarquias, além de escolas municipais, estaduais e particulares participam da programação.








Fotos: Kamilla Uhl, Wellington Rangel e Alício Gomes



139 visualizações

Comments


bottom of page