Aberto o I Fórum Regional de Educação, Ciência e Tecnologia em Campos


Oito municípios da Região Norte/Noroeste e Lagos fluminense participam do I Fórum Regional de Educação, Ciência e Tecnologia, aberto na noite desta quarta-feira (10), no Teatro Municipal Trianon. Organizado pela Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) o evento prossegue até sexta-feira (12) abordando o tema “Educação Ilumina Vidas". Voltado aos profissionais do ensino das redes privada e públicas – municipal, estadual e federal - o seminário visa promover o debate da produção de conhecimento na área, favorecendo a construção de novas políticas públicas que garantam o acesso, a permanência e apropriação do conhecimento dos estudantes.

Participaram da abertura o secretário da Casa Civil, Suledil Bernardino, representando o prefeito Wladimir Garotinho; o secretário de Educação de Campos, Marcelo Feres; subsecretária de Ciência e Tecnologia, Suzana da Hora Macedo; vice-diretor da Faculdade de Medicina, Luiz Clóvis Parente, representando o Fórum Interinstitucional de Dirigentes do Ensino Superior de Campos (FIDESC); gerente regional do Sebrae, Guilherme Reche; gestora estadual do Programa de Educação Empreendedora do Sebrae, Fernanda Lisboa; a representante do Conselho Municipal de Educação, Odisseia Carvalho; e a diretora de Relações Institucionais da Seduct, Ludmila da Matta, doutora em Sociologia Política e organizadora do Fórum.


A primeira palestra foi ministrada pela professora e mestra Alcione Paes, pedagoga com mestrado em Educação e Meio Ambiente, especialista em Gestão Pública. Ela falou sobre inovação e cultura digital na sala de aula. "Inovar é fazer diferente. Cada professor traz em si o poder da história que viveu e de todas que vai construir. Ele é um facilitador da aprendizagem, um mentor, um mediador, cocriador. A gente tem muita mudança para fazer. Não é só trazer a tecnologia para a escola, mas sim quebrar paradigmas. A sala de aula na cultura digital deve estar atrelada a comportamentos empreendedores".


O secretário Marcelo apresentou as metas, ações e conquistas do Programa de Aprendizagem Eficiente (PAE) implantado na rede municipal de ensino no ano passado. "A educação não pode mais admitir que a gente haja isoladamente. Por isso pensamos em um evento regional para que nossos educadores possam interagir com secretários de outros municípios, trocando experiências e trazendo boas práticas para Campos. Não podemos perder a capacidade de sonhar", disse o secretário.

As palestras serão disponibilizadas no Portal PAE. No mesmo site é possível verificar toda a programação do evento. O Fórum também oferecerá exposição de práticas digitais, mostra de experiências exitosas, mesas redondas e apresentações culturais. Além disso, estão expostos no foyer do Trianon modelos dos novos mobiliários e laboratórios que estão sendo distribuídos para as unidades escolares da rede municipal de ensino.

"Vocês estão de parabéns pela programação do evento que está unindo quem está na sala de aula, ou seja, os profissionais do ensino, à academia", disse Suledil. "Estamos impressionados com o que vocês prepararam para este evento. O Fidesc representa cerca de 20 mil estudantes de dez universidades, cujo público deve contribuir com a produção intelectual e ajudar a desenvolver a educação da nossa cidade", comentou Luis Clóvis.

Para Guilherme Reche, o tema do evento é bastante relevante. "Educação é um tema extremamente complexo diante de todos os desafios que se apresentam. Se não tivermos um modelo transformador de ensino, não vamos transformar o ambiente em que vivemos. E o Sebrae tem projetos que levam conceitos e atitudes do empreendedorismo, conteúdos para que os alunos e professores se preparem para lidar com a transformação da sociedade e tenhamos pessoas mais qualificadas no mercado de trabalho, reverberando na economia produtiva. Contem com o Sebrae nessa trajetória, pois juntos estamos buscando fazer a diferença".




Representando o Conselho Municipal de Educação, Odisseia Carvalho parafraseou Paulo Freire: "A escola muda as pessoas e elas mudam o mundo". Fazer educação no dia a dia, no chão da escola, não é nada fácil. Acreditamos muito na educação de qualidade, caso contrário, não estaríamos na escola pública".




Fernanda Lisboa acrescentou: "É muito bacana ver esse trabalho em rede com outros municípios, em prol da inovação na educação. Precisamos fazer com que o estudante tenha protagonismo, para isso, é necessário fornecer, desde a educação infantil, uma vivência de oportunidades e situações que façam com que nossos alunos tenham a autonomia e o raciocínio lógico trabalhados. A educação precisa fazer com que os alunos, desde novos, consigam reconhecer suas habilidades e potencialidades para que tenham uma jornada escolar de atitude e planejamento, e um futuro de sucesso. A programação desse fórum está muito rica. Estou muito feliz por estar aqui, parabéns pela iniciativa".





O evento conta com profissionais e secretários de educação das cidades de Italva, São João da Barra, São Francisco do Itabapoana, Búzios, Macaé, Quissamã e Cardoso Moreira, além de Campos. São parceiros ainda o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFF), Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (Uenf), Sebrae e diversas outras instituições de ensino.

Confira aqui a programação completa






37 visualizações