top of page

Aluna de Ponta da Lama tem poesia selecionada no projeto Navegando na Poesia






“O projeto Navegando na Poesia me ajudou a ler e despertou em mim o desejo de escrever”. O relato é da aluna Ana Luísa de Souza Viana, 9 anos, que teve uma de suas poesias selecionadas no projeto. Ela estuda na Escola Municipal Alcebíades Candiano, localizada em Ponta da Lama. O projeto tem como o objetivo motivar crianças do 3º e 4º ano de escolaridade, para a leitura e escrita, através de oficinas, tornando assim o processo de ensino aprendizagem mais agradável.


Diretora da unidade escolar, Maria Paula Candiano Menezes, conta que o projeto tem sido muito importante para despertar nas crianças o gosto pela leitura e escrita. “Nós já tivemos outros alunos selecionados no Navegando na Poesia e é muito bom ter esse reconhecimento porque temos certeza que as crianças estão levando o projeto a sério. Sem contar que motiva os outros alunos a fazerem parte e até mesmo os pais, incentivando os filhos a participar”, contou a diretora.


Professora da escola e de Ana Luísa, Roseli Ribeiro Gomes, ressaltou que as oficinas desenvolvidas pelo Navegando na Poesia trabalham conceitos pedagógicos e atividades lúdicas onde as crianças participam ativamente e conseguem atingir um imaginário diferente da sala de aula.


“Elas têm liberdade criativa e buscam por meio dessas atividades participativas o acesso à leitura e escrita. Esse projeto vem somar e contribuir para diminuir os déficits de leitura e escrita, estimulando as crianças a produzirem poesia a partir de conhecimentos e metodologias voltadas para a Educação. Fazer parte dessa história, da construção de leitura e escrita através da poesia é um orgulho e um privilégio para mim ", disse a diretora.


A poesia selecionada é resultado do trabalho desenvolvido pelo projeto ano passado nas unidades escolares. Quinze escolas da rede pública municipal participam do projeto Navegando na Poesia, realizado pela Associação Raízes, por meio do Programa Petrobras Socioambiental. Durante todo o ano as crianças participam de oficinas e, no final, as poesias escolhidas são publicadas em um livro.


O Navegando na Poesia visa promover o acesso à leitura e à escrita por meio de atividades lúdicas e participativas nas escolas públicas, levando em consideração a cultura local e regional. O projeto atua em 43 escolas da rede pública de 11 municípios da Bacia de Campos: São Francisco de Itabapoana, São João da Barra Campos dos Goytacazes Quissamã, Carapebus, Macaé, Rio das Ostras, Casimiro de Abreu, Cabo Frio, Arraial do Cabo e Armação dos Búzios.



197 visualizações

Kommentare


bottom of page