top of page

Aluno atleta de escola municipal fala sobre determinação no Hora da Educação





O "Hora da Educação" desta semana está falando sobre determinação, força de vontade e foco. O entrevistado dessa quarta-feira é o Inari Machado Azevedo Arraiol, aluno do 9º ano da Escola Municipal Dr. Luiz Sobral. Com apenas 15 anos ele é atleta de Jiu Jitsu e coleciona medalhas. A última foi conquistada no Rio de Janeiro, quando ele ficou em segundo lugar no Campeonato Internacional de Jiu Jitsu. O programa é apresentado pelo secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, e pode ser visto no canal do Pae no Youtube.


E, para ajudar o aluno no aprendizado, a secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) vai presenteá-lo com um tablet. O equipamento está sendo distribuído nas escolas da Rede Municipal desde julho.

“É uma forma de ajudar o Inari a ter uma condição mais adequada para estudar inglês e as diversas matérias que necessitar para o aperfeiçoamento de seu ensino-aprendizagem. O esforço dele com certeza vai ser recompensado e nós estaremos apoiando no que ele necessitar. É sempre bom conhecer histórias fortes como a dele porque nos dá ainda mais vontade de trabalhar. Como sempre digo, Educação Ilumina Vidas”, finalizou o secretário.


Inari foi duas vezes campeão estadual 2020 Espírito Santo; Campeão estadual 2021, em Vitória, no Espírito Santo; Campeão da primeira Copa Kids em Campos dos Goytacazes, no ano passado. Neste ano, ele já foi campeão Kings of jiu-jitsu, em Campos; terceiro lugar em Guarapari; vice-campeão brasileiro em Barueri, em São Paulo, e vice-campeão kids internacional, no Rio de Janeiro. O atleta vende doces nos semáforos para custear as competições e foi convidado para treinar nos Estados Unidos.


O foco agora é o Panamericano que vai acontecer no ano que vem, em março, nos Estados Unidos. “Eu já consegui o visto e o passaporte com uma equipe que me viu lutar em São Paulo e me ajudou. Agora, estou correndo atrás das passagens, das inscrições e estudando inglês. Acredito que o esforço supera o talento porque não adianta ter talento sem se esforçar, querer aprender. Se você não correr atrás ninguém vai fazer isso por você. Desde criança eu aprendi que se eu quero algo tenho que lutar por isso. E eu faço isso em tudo, no esporte e na vida. Na escola, se eu tenho dificuldade eu converso com o professor. Minha marca hoje é o esforço.

O sucesso de Inari não é só no tatame. Ele é um dos melhores alunos da escola, teve a maior nota em Português no último simulado em preparação para o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), e participou da Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Rio de Janeiro (FECTI), a maior feira de Ciências do Estado, ano passado, com o projeto “Efeitos Robóticos na Opt Art à Luz da Física”. O aluno faz parte do projeto Mais Ciência na Escola, que oferece bolsa para estimular a ciência e a pesquisa.


14 visualizações

Comments


bottom of page