top of page

Ano letivo começa na rede municipal com ampliação de unidades




Depois de mais de 30 dias de férias, Júlio Gabriel Carvalho de Souza, 10 anos, acordou cedo para dar início ao ano letivo. Ele não foi o único. Na Escola Municipal Walter Siqueira mais de 30% dos 685 alunos retornaram nesta segunda-feira nessa unidade escolar. Até o ano passado havia cerca de 52 mil estudantes em toda rede municipal de ensino, somando mais de 230 unidades escolares. Este ano, a expectativa é aumentar o número de alunos já que a Secretaria está ampliando as unidades escolares, dentro do projeto de expansão da rede.





 A diretora pedagógica, Tânia Alberto, ressaltou que a novidade este ano é a ampliação da Rede. Com a construção modular prevista para 27 unidades, a expectativa é abrir mais 2 mil vagas nas creches municipais. No primeiro momento, as obras vão começar em 19 creches e, em seguida, nas escolas. O objetivo é criar, em curto prazo, salas de aula para ampliar o número de vagas para atendimento à demanda reprimida.



“Estamos trabalhando desde o ano passado nas reformas, entrega de mobiliários, cursos de atualização, inclusive estamos com a Semana Pedagógica Estendida nas unidades escolares, com reuniões de alinhamento pedagógico com a equipe das coordenações de ensino. Ao mesmo tempo que o professor estará conosco fazendo essa formação, os profissionais da Eduten estarão dentro das escolas fazendo a formação das crianças. Teremos essa ação com Eduten segunda, terça, e quarta-feira, também com os professores e com os alunos. Na quarta-feira em diante daremos prosseguimento apenas nas escolas com os alunos, e nós do departamento pedagógico estaremos nessa ação com os professores”, explicou Tânia.


Gestora da E. M Walter Siqueira, Rosemara Fiúza, disse que a abertura do ano letivo foi marcada por uma acolhida e boas-vindas aos alunos. “A gente sempre faz esse acolhimento para que todos se sintam confortáveis e felizes nesse retorno.”, explicou. A unidade é uma das escolas que vai contar com a reforma modular.


“Vamos ganhar mais quatro novas salas e abrir mais cem vagas. Estamos muito felizes porque a procura por vagas é muito grande. A escola atende do Pré-I ao 5º ano e tem alunos de bairros como Parque Leopoldina, Esplanada, Nova Brasília e Margem da Linha, entre outros”, finalizou a gestora. 




130 visualizações
bottom of page