top of page

Assinatura de contrato dos agricultores familiares adiada para a próxima semana



Cerca de 40 agricultores familiares e empreendedores familiares rurais vão fornecer gêneros alimentícios para a produção da merenda escolar na rede municipal de ensino este ano. A assinatura do contrato com a Prefeitura de Campos que aconteceria na tarde desta sexta-feira (31), foi adiada para a próxima semana, em data a ser divulgada nas próximas horas. Trata-se de mais uma etapa do processo de chamamento público aberto pela Prefeitura de Campos que contou com a participação de agricultores de vários municípios como São Francisco de Itabapoana, Cardoso Moreira, Bom Jesus do Itabapoana, além de Campos.

O fornecimento está previsto para começar ainda em abril. A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) publicou o resultado da avaliação das amostras dos alimentos no Diário Oficial. A avaliação foi feita por nutricionistas da Coordenação de Nutrição Escolar junto com o Comitê de Fomento da Agricultura Familiar, designada pela Portaria nº 192 de 28/11/2022.

O pagamento será realizado em 30 dias após a última entrega do mês, através de transferência bancária, mediante apresentação de documento fiscal correspondente ao fornecimento efetuado, sendo vedada a antecipação de pagamento, para cada faturamento.

O secretário de Educação, Marcelo Feres, destacou a importância desse processo de seleção de produtores da região. O objetivo é continuar garantindo uma merenda de qualidade nas escolas e creches e atender ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

“Campos é um município imenso e com uma área rural enorme, que deve ser aproveitada da melhor forma. E fazer um trabalho intersetorial como esse que estamos realizando com a parceria das secretarias de Educação e Agricultura é motivo para comemorar. Temos hoje cerca de 55 mil estudantes que dependem da merenda escolar e manter nossas crianças bem alimentadas reflete na qualidade do ensino-aprendizagem. Estamos superando obstáculos e abrindo caminhos para que Campos possa se desenvolver com um todo, tanto na Educação quanto na Agricultura e Economia. Essa parceria é muito necessária para todos nós”, ressaltou o secretário.

12 visualizações

Comments


bottom of page