Aulas da EJA começam nesta segunda-feira


Na próxima segunda-feira (25), 3.258 alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) voltam para as salas de aula após o recesso escolar. Uma das mais animadas é a dona Licy Gomes de Souza, que aos 84 anos ingressou na Escola Municipal Olga Linhares, em Guarus. Ela levava a neta para a unidade escolar e resolveu se matricular. Hoje, é uma das mais aplicadas e interessadas no ensino. A diretora da Olga Linhares, Danielle Mothé, conta que a escola tem atualmente 105 alunos na Educação de Jovens e Adultos. “Dona Licy é nosso maior exemplo e depois que ela começou a estudar incentivou várias outras pessoas a retornarem aos estudos. Ela é uma das mais ansiosas para as aulas começarem”, diz Daniele. No início deste mês foram realizadas formaturas em várias escolas da rede municipal. A EJA, anos iniciais, é destinada a jovens a partir de 15 anos que não completaram a etapa entre o 1º e o 9° ano. Já a dos nos anos finais é para os maiores de 18 anos que não completaram o Ensino Médio. Ao concluir essa etapa, o aluno está preparado para realizar provas de vestibular e Enem, para ingressar em universidades. O tempo médio de conclusão é de 18 meses. A coordenadora da EJA, Greice Souza, diz que, em todo município, 28 escolas oferecem o curso. Para fazer a matrícula é necessário ter mais de 15 anos e se dirigir à unidade escolar mais próxima da residência, com documentos pessoais como Identidade, CPF e comprovante de residência. Greice ressalta ainda que os professores que trabalham com esse público passam por treinamento específico, cursos de capacitação e contam ainda com todo suporte pedagógico. “Procuramos recebê-los da melhor forma possível. Estamos em contato com várias secretarias e outros segmentos, como o Instituto Federal Fluminense (IFF), a fim de buscarmos parcerias para cursos, palestras de forma a atendermos as expectativas do nosso público, pois sabemos que eles trazem consigo vários sonhos que foram frustrados por terem seus estudos interrompidos por diferentes motivos. Esse momento de retorno, para conclusão do ensino médio, é de grande importância na busca da realização profissional e pessoal de nossos alunos”, ressalta Greice. CAPACITAÇÃO Os estudantes da EJA também participam de cursos extras, como o de Empreendedorismo Digital, desenvolvido, este ano, em parceria com o IFF. O curso capacitou os alunos com noções e conceitos do uso de mídias sociais digitais orientados à ação empreendedora. Entre os objetivos estão: desenvolver a criatividade e o senso empreendedor necessário para a gestão voltada ao atendimento das demandas regionais e ainda implementar estratégias de marketing voltadas para o empreendedorismo através dos usos das mídias sociais digitais.

5 visualizações