top of page

Autoavaliação funcional tem início na próxima segunda-feira


Servidores com cargo de chefia e dos setores de Recursos Humanos das Secretarias, Fundações e Autarquias, que vão atuar como avaliadores de desempenho funcional, participaram nesta sexta-feira (01) de capacitação onde foram orientados e sanaram dúvidas a respeito da condução correta da avaliação funcional, que visa a progressão das letras, implementada no Plano de Cargos, Carreiras e Salários. A partir da próxima segunda-feira (04) tem início a autoavaliação do servidor, que será feita por meio eletrônico, no site da Prefeitura de Campos, no link do portal do servidor (AQUI). A autoavaliação prossegue até dia 22 de dezembro. Cerca de 14 mil servidores estatutários devem fazer a autoavaliação e num segundo momento, a partir de 02 de janeiro de 2024, vão ser avaliados pelos seus chefes imediatos. O secretário de Administração e Recursos Humanos, Wainer Teixeira, abriu a capacitação, explicando a importância da imparcialidade e dos tópicos a serem levados em consideração, a exemplo da assiduidade, pontualidade e permanência dos servidores. Em 2022 a pasta realizou a primeira avaliação funcional, na qual a nota vai ser somada à avaliação de 2023. Os funcionários do município que obtiverem no somatório das notas, a média 7, vai receber em 2025 progressão das letras, sendo acrescido no salário base, reajuste de 2,5%. “No ano passado tivemos a oportunidade de, pela primeira vez, implementar nossa avaliação de desempenho e foi muito bemsucedido. Neste ano, estamos, mais uma vez implementando a avaliação de desempenho, só que agora aprimorando nosso sistema. Aprimorando a nossa metodologia, agregando a ela o treinamento desses 240 avaliadores. Então, para a Secretaria de Administração, é uma satisfação imensa ver esse processo ser bem sucedido. Ademais, esta avaliação de desempenho importará, na sequência do programa de valorização do servidor, viabilizando com isso a promoção de letrinhas no ano de 2025, quando todos aqueles que durante os dois anos perfazerem a média 7 terão direito aos 2,5% das letrinhas”, disse Wainer Teixeira. No segundo momento da capacitação, o assessor técnico da Subsecretaria de Gestão, Bruno Rangel, falou sobre as regras da avaliação, requisitos e cronograma. “A avaliação tem basicamente dois objetivos principais, o primeiro é servir como um dos requisitos para obter a progressão, que são as letras, 2,5% de aumento no salário base. O segundo objetivo é a eficiência, para que possamos melhorar a prestação dos serviços públicos. Diante da avaliação, vamos ver os pontos fortes e fracos do servidor, servindo inclusive para direcionar uma futura capacitação”. O servidor vai responder a 20 questões, fazendo uma autoanálise, uma autocrítica reflexiva sobre seu desempenho e dizendo o que precisa melhorar. As mesmas questões vão ser direcionadas aos 2 mil avaliadores. O subsecretário do Centro de Informações e Dados de Campos (Cidac), José Vicente Alves Neto, fechou a capacitação explicando como vai funcionar o sistema eletrônico de preenchimento de dados, já que, tanto a autoavaliação, como a avaliação da chefia, poderá ser realizada de qualquer computador, tablet ou celular. A avaliação é direcionada aos servidores estatutários que trabalharam ao menos 6 meses no executivo municipal, durante o ano de 2023, mesmo os que estão de férias, cedidos ou de licença, devem responder ao questionário. Por: Angélica Paes - Foto: Vadinho Ferreira


300 visualizações
bottom of page