Bandas de fanfarra empolgaram o grande público no Cepop


A Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) aumentou para 20 o número de bandas de fanfarra na rede municipal de ensino este ano. Até o ano retrasado eram apenas 13. E elas deram um show à parte durante o desfile cívico-militar da Independência do Brasil, neste 7 de setembro, empolgando o grande público que prestigiou o evento no Centro de Eventos Populares Osório Peixoto (Cepop). "Quando o secretário de Educação, professor Marcelo Feres, autorizou a contratar os regentes, eu mobilizei a todos e montei 20 bandas em três meses e meio. Ele também autorizou a comprar os materiais de reposição, investindo na equipe, enquanto o governo passado não deu uma baqueta", informou o coordenador das bandas de fanfarra do município, Edilson Cruz Neves. Caroline Cordeiro disse que ficou arrepiada quando as bandas passaram. "É bom demais estar aqui. A gente espera o ano todo para participar dos desfiles de 7 de setembro porque é sempre muito bonito. Já faz parte da tradição do campista. É muito bonito de ver a organização das bandas, com crianças tão dedicadas. É emocionante. Valeu a pena ter vindo", disse. Segundo Edilson, as fanfarras escolares contribuem para o desenvolvimento psíquico e social dos estudantes, favorecendo a interação entre o grupo e a inclusão social de crianças e jovens nas escolas. "O governo Wladimir, no comando do professor Marcelo à frente da Secretaria de Educação, comprou peles de bumbo, caixa, baquetas macetas e talabartes. Além disso ele resgatou o desfile de Guarus, algo que o governo passado deixou morrer. E foi um sucesso em Guarus na semana passada. Hoje, no Cepop foi ainda mais impactante. Os alunos e regentes estavam muito animados, empolgados e satisfeitos. Muito bom sentir o clima e a animação do público novamente. Muitos vêm aqui para ver as bandas das nossas escolas municipais passarem", comentou Edilson. O coordenador acrescentou que a formação musical auxilia no aprendizado das disciplinas curriculares, aumenta a autoestima e significa a possibilidade de inserção social para maioria dos alunos. "Esse projeto foi criado em 1997, com intuito de contribuir na prática musical nas escolas, proporcionando a formação educacional, social e musical na vida dos jovens de nosso município que participam dessas atividades. Hoje nosso projeto, está contemplado com 20 bandas de fanfarras distribuídos pelo nosso município que prestam ensaios teóricos e práticos. Preparamos nossas bandas para a Semana da Pátria com repertório variado, e podemos ressaltar os dobrados marciais", explicou. Tia de um integrante de banda, Roseinei Pereira concordou que o projeto incentiva o processo de ensino-aprendizagem. "Quando os alunos estão na banda, são incentivados a estudar, a terem mais compromisso, a serem parceiros e eles acabam saindo das ruas. Sou muito fã e dou todo apoio. Eles arrasaram na apresentação. Não tem igual". Confira as escolas com bandas de Fanfarras: EM 29 de Maio EM Doutor Luís Sobral EM Pequeno jornaleiro EM Frederico Paes Barbosa EM Albertina Azeredo Venâncio EM Santa Teresinha Ciep Wilson Batista Ciep Sylvia Carnem Carneiro Ciep Maestro Vila Lobos EM Professora Wilmar Cava Barros EM Professora Eunícia Ferreira EM Maria Lucia EM Donana EM Farol de São Tomé EM Lídia Leitão de Albernaz EM Maria Arlete de Araújo EM José do Patrocínio EM Francisco Portela EM Manoel Ribeiro do Nascimento Ciep Custódio Siqueira

7 visualizações