top of page

CAAC fala sobre prevenção ao abuso e exploração sexual






Com o tema “Eu Digo Não: Prevenção ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, o Programa Saúde na Escola (PSE) e o Centro de Atendimento ao Adolescente e à Criança Vítima de Violência Sexual (CAAC) realizaram uma roda de conversa, envolvendo pais, responsáveis, alunos, professores e colaboradores da Creche Escola Irmã Dulce, no Parque Aurora. O intuito foi levar informações e fortalecer a rede de proteção.


A próxima roda de conversa está agendada para o dia 29, às 9h, na Policlínica da Tapera. O PSE, ligado à Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia e à Secretaria Municipal de Saúde, desenvolve projetos que contribuem diretamente para o desenvolvimento integral dos alunos da rede municipal.




Os profissionais do programa visitam diariamente as unidades escolares para ações de promoção, prevenção e atenção à saúde, a fim de lidar com as vulnerabilidades que afetam o desenvolvimento das crianças e jovens da rede pública.


"A escola é um ambiente crucial para unir educação e saúde, propiciando condições ideais para promover uma educação integral. O trabalho do PSE ajuda a superar as barreiras educacionais. Ao sermos convidados para participar desses diálogos, ficamos imensamente felizes por podermos informar e alertar sobre mudanças de comportamento em crianças e adolescentes, incentivando a quebra do silêncio. Pais e responsáveis podem ser multiplicadores de orientações, auxiliando na preservação dessas vidas e contribuindo para as possíveis barreiras à denúncia", informou a coordenadora do CAAC, enfermeira Alice Alves.


Desde 2019, o PSE vem realizando ações educativas voltadas para a saúde, segundo o coordenador do programa, João Paulo de Oliveira. “Com a colaboração do CAAC, a divulgação desses importantes recursos municipais é fortalecida. Essa experiência foi muito enriquecedora e de grande valia para todos os presentes".

A assistente social do PSE, Francelyne de Assis, fez coro. “A ação conjunta do programa e do CAAC representa o fortalecimento interdisciplinar da educação e saúde no município em prol dos direitos humanos de meninos e meninas vítimas de violência sexual".


CAAC - Inaugurado em 12 de outubro de 2021 pelo prefeito Wladimir Garotinho, o CAAC funciona no Hospital Ferreira Machado (HFM), oferecendo em um só lugar assistência médica, apoio psicológico e social, além do respaldo da Polícia Civil. Fruto de um acordo de cooperação entre o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), Prefeitura e Governo do Estado, o CAAC é a segunda unidade do Estado e a primeira do interior, sendo a terceira no Brasil.

O espaço contribui para identificar os abusadores, inibir o número de casos e fortalecer a rede de proteção. Em dois anos de funcionamento, o CAAC contabilizou mais de 406 atendimentos.


Foto: Denise Ribeiro

14 visualizações
bottom of page