top of page

Campos inabilitada ao recebimento do VAAR por não cumprimento de condicionalidades em 2017 e 2019





A respeito da publicação do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe Campos) em relação aos recursos da complementação do VAAR (Valor Aluno Ano por Resultados), a Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) esclarece que Campos dos Goytacazes foi inabilitado ao recebimento da verba pelo não cumprimento da melhoria de atendimento e da melhoria de aprendizagem para redução das desigualdades nos anos de 2017 e 2019, na gestão do ex-prefeito Rafael Diniz. Esses indicadores referem-se à condicionalidade III do VAAR.


De acordo com a subsecretária de Gestão Orçamentária e Financeira da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, Carla Patrão, o cálculo é feito pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) que analisou os resultados da nota do Ideb do município nos anos de 2017 e 2019 e outros indicadores. O ano de 2021 não foi considerado em função dos impactos da pandemia.


“No caso de Campos, a comparação dos indicadores desses dois anos não melhorou e por isso, a cidade não foi habilitada. É uma lástima. Perde toda a educação. Tenho certeza de que na próxima avaliação, Campos estará habilitada a receber o VAAR e estamos trabalhando muito para isso, com investimentos sérios e projetos baseados no Programa de Aprendizagem Eficiente (PAE)”, disse Carla.


434 visualizações
bottom of page