Capacitação Lab Mais teve a participação de cerca de 3 mil educadores


Cerca de 3 mil professores participaram da primeira etapa da capacitação Formação Lab Mais: Ciências, Matemática, Robótica e Brincar & Aprender, que terminou nesta sexta-feira (05), na Universidade Estácio de Sá. O curso começou no dia 25 e durante duas semanas os professores tiveram a oportunidade de aprender sobre os equipamentos e brinquedos dos laboratórios de Matemática, Ciências, Robótica e do Brincar&Aprender e como utilizá-los nas salas de aula. Para o secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, a capacitação representou mais uma etapa na valorização dos educadores. “A formação continuada de nossos educadores são parte dos grandes investimentos que estamos e vamos continuar fazendo para perseguir e alcançar as metas do nosso Programa de Aprendizagem Eficiente (PAE), como a de promover a alfabetização na idade certa, que implica na valorização de nossos profissionais e na instrumentalização dos alunos, de forma a todos terem acesso à tecnologia, às ciências, às novidades no ensino-aprendizagem. Queremos uma escola viva, com alunos interessados em aprender e educadores motivados. É muito bom ver tantos profissionais da Educação participando de uma formação que irá ajudá-los a promover melhorias para os alunos”, disse o secretário. A coordenadora da Escola de Formação de Educadores Municipais (EFEM), Talita da Silva Ernesto, disse que a capacitação representou mais que preparar professores para o uso dos laboratórios e o resultado foi além do esperado. “Os nossos professores terão mais prazer em resgatar e dar continuidade a uma prática pedagógica mais lúdica, consistente, com ferramentas tecnológicas que colaboram com uma didática mais problematizadora. O encantamento foi notável com a apreciação dos materiais dos laboratórios serem tão completos e também o envolvimento entre os colegas de profissão na troca das práticas”, disse Talita. Ela explicou ainda que vai haver uma segunda etapa na formação do Lab Mais que deve ser realizada em novembro. Quanto à utilização dos laboratórios nas salas de aulas, ainda não há uma data prevista. “Vamos nos reunir para convocar um representante de cada escola que vai nos ajudar na implantação dos laboratórios. Outras etapas de organização sobre o funcionamento estão sendo estruturadas. A capacitação foi um sucesso e, agora, vamos nos ater nas próximas fases”, conclui Talita. Coordenadora do Lab Mais, Ludmilla da Matta avaliou de forma positiva a capacitação. “Está todo mundo muito encantado com a aquisição dos laboratórios e as possibilidades que os materiais trazem de recursos para a sala de aula”, finaliza Ludmilla. A professora da Escola Municipal Mário Barroso, em Ururaí, Maria do Parto Rodrigues de Lima, elogiou a capacitação. “O curso está sendo de ótimo proveito. Muito dinâmico. Está sendo entregue tudo que foi proposto. Todo aprendizado já está sendo desenvolvido em sala de aula. Esse tipo de iniciativa é muito bom porque nos dá mecanismos e conteúdo para avançar cada dia mais no ensino-aprendizagem de nossas crianças. Valorizar e capacitar o professor é sem dúvida o primeiro passo para uma educação de qualidade,” finaliza a professora.

10 visualizações