Capacitação para Formação Lab Mais começou nesta segunda-feira


Teve início nesta segunda-feira (25), e continua até o dia 5 de agosto, a capacitação Formação Lab Mais: Ciências, Matemática, Robótica e Brincar & Aprender, na Universidade Estácio de Sá. Neste primeiro dia, o curso foi voltado para professores de 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental, anos iniciais. Os educadores conheceram de perto os equipamentos, jogos e materiais dos laboratórios. Participaram da abertura a subsecretária de Educação Ciência e Tecnologia, Rita Abreu; a subsecretária de Ciência e Tecnologia, Suzana da Hora; a diretora Pedagógica da Seduct, Tânia Alberto; a responsável pela Escola de Formação de Educadores Municipais (EFEM), Talita da Silva Ernesto; e a coordenadora do Lab Mais, Ludmila da Matta. O secretário Marcelo Feres acompanhou a capacitação na parte da tarde. "É empolgante ver tantos profissionais da Educação participando de uma formação que irá ajudá-los a promover melhorias no ensino, a melhorar as condições da aprendizagem para os alunos. É importante ver que nossos professores, pedagogos e diretores estão animados e comprometidos com a reconstrução do ensino público municipal", destaco Marcelo Feres. Essa é a primeira fase da capacitação, na qual os educadores vão cumprir 8 horas. Entre outubro e novembro, os profissionais irão passar pela segunda fase, com 16 horas. Talita enfatizou a importância da capacitação. “Esse curso visa capacitar os profissionais da Educação para o uso dos recursos dos laboratórios adquiridos pela Seduct e que estão sendo entregues nas unidades escolares. É muito importante para que os professores possam manusear e aproveitar ao máximo os recursos que os laboratórios vão oferecer aos alunos”, explicou Talita. Durante a solenidade, a subsecretária, Rita Abreu, falou da importância dos laboratórios no ensino-aprendizagem. “O Lab Mais é uma grande conquista para todos nós. Fazer parte de tudo disso, dessa transformação no ensino, é engrandecedor poder ofertar ao aluno a vivência do observar, do manusear do lúdico, é sem dúvida enriquecedor para todos. É um momento histórico para Campos, pois nunca tivemos tantos ganhos como nossa Educação está tendo agora”. Já a diretora pedagógica, Tânia Alberto, falou da grandiosidade da Rede Municipal de Campos. “Temos que pensar no tamanho de nossa rede. Nenhum município tem 57 mil alunos, 4.500 professores em sala de aula, 183 escolas e 81 creches. Com todo esse tamanho, não é fácil administrar tudo isso, mas o investimento pedagógico é a mola mestra do nosso trabalho. A Educação não se transforma de um ano para outro. O momento é de reconstruir, recompor e reforçar a aprendizagem dos alunos. Esse é só o começo de muitos encontros que ainda teremos por conta de uma unidade pedagógica que se entende como uma única rede e não várias escolas”, reforçou Tânia. Para Suzana da Hora, os laboratórios vão ajudar a despertar a criatividade dos alunos. “Este evento, que envolve a capacitação dos professores da nossa rede, tem um significado muito grande para nós. Ele é mais um passo do nosso Programa de Aprendizagem Eficiente (PAE), onde buscamos que as nossas crianças desenvolvam o seu pensamento e o aprendizado dos conteúdos do nosso ensino fundamental. Esses kits são importantes ferramentas para o processo de ensino e aprendizagem que, com o protagonismo dos professores da rede e seus alunos, irão contribuir para o desenvolvimento da criatividade e do pensamento crítico tão necessários nos tempos atuais”, disse Suzana. Ludmila da Matta, relembrou o começo de todo o processo do Lab Mais. “Em janeiro, o secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, me chamou e disse que a rede estava adquirindo um conjunto de laboratórios e que ele queria que fosse feito um projeto de implantação desses equipamentos. Então, iniciei a elaboração do projeto e fui formando a equipe com os especialistas da área. A Carla Sales, na área de ciências; a Fernanda, na área de matemática; a Anna Karina, na área de robótica; e a Talita, com as formações. O projeto envolve a articulação com as instituições de ensino, a possibilidade de bolsas de extensão e o uso permanente de todos esses recursos de forma efetiva”, explicou. A apresentação dos laboratórios para os gestores foi feita pelo biólogo e mestre em Ciências e Tecnologia pela Universidade Tecnológica do Paraná (UTFPR-Curitiba), Thomas Rocha Sievers, que ressaltou a importância de conhecer os laboratórios e saber manuseá-los. “Se você perguntar a um professor e pesquisador, o que é necessário num estudo de ciências ele vai dizer que é experimentação. Mas não fazem todo dia porque falta material. Agora, tem! Mas se eu não sei utilizar, não vou usar. Incentivem os professores para que participem dessas oficinas e aproveitem essa oportunidade. Para utilizar um laboratório tem normas. É importante saber como utilizar dentro da sala de aula e na área externa onde a riqueza de informações é muito maior e os alunos podem fazer coletas de dados”, argumentou Thomas. Professor do 4º ano da Escola Municipal Dr. Luiz Sobral, Lucimar Pereira Júnior, elogiou a formação do Lab Mais. “Me capacitar nesse curso é um ponto positivo não só para mim, enquanto professor e pesquisador, mas também para os alunos. As crianças estão precisando de um incentivo lúdico para se interessar mais pelas aulas de ciências da natureza; portanto, a capacitação é de suma importância para agregar valores e conhecimentos nas futuras aulas. LAB MAIS – O Projeto Lab Mais foi implantado este ano nas unidades escolares da rede municipal de ensino de Campos. Para isso, a Seduct adquiriu 120 kits de laboratórios de Matemática e Ciências, destinados a 84 unidades que ofertam Ensino Fundamental Anos Iniciais e a 36 unidades com Ensino Fundamental Anos Finais. Além desses, há ainda 166 Kits de Robótica para 46 unidades com Educação Infantil, 84 unidades com Ensino Fundamental Anos Iniciais e 36 com Ensino Fundamental Anos Finais. Já o Brincar & Aprender é composto por estantes organizadoras lúdicas, estante modular, estante de recursos educacionais lúdicos – Educação Infantil e conjunto de recursos educacionais lúdicos – Ensino Fundamental Anos Iniciais. Todo esse material vai auxiliar no processo de ensino-aprendizagem para a Educação Infantil e Ensino Fundamental Anos Iniciais nas unidades escolares do município.

113 visualizações