top of page

Cidade da Criança recebeu 10 mil visitas em fevereiro




Cerca de 10 mil pessoas visitaram a Cidade da Criança Zilda Arns neste mês de fevereiro. O local recebeu turistas de Vila Velha, Espírito Santo; Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, e até mesmo da Colômbia. A aposentada Marinete Leal da Silva foi uma das que aproveitou para levar a família, que mora em Nova Iguaçu, para conhecer o espaço.


Ela conta que comemorou o aniversário recebendo um grupo familiar de 12 pessoas, que veio do município da Baixada Fluminense. Marinete explica que, como havia crianças, resolveu levá-los à Cidade da Criança e também aproveitou para conhecer o parque temático.


“Apesar de morar em Campos ainda não tinha ido até a Cidade da Criança. Fiquei maravilhada. Gostei muito. Vou voltar novamente lá, desta vez, com minhas amigas. Vou formar um grupinho e sempre que alguém vier visitar a cidade vou levar lá. Lugar maravilhoso, minha família ficou encantada e eu também. É muito bom saber que temos um local tão especial para levar as pessoas, na nossa cidade”, conta Marinete.


A diretora do equipamento, Luzitânia Xavier, diz que é muito gratificante ver que o local tem recebido tantas pessoas e de diferentes lugares.


“A Cidade da Criança Zilda Arns passou a ser um local atrativo para os visitantes. Suas belezas naturais e lúdicas ganham destaque aos olhos de quem busca sossego, apreciação ou só diversão. A diversão e o lazer são muito importantes no desenvolvimento da criança e, por isso, é importante encorajar os pais e responsáveis a levarem seus filhos para terem outras experiências! Estamos prontos para recepcionar turistas nacionais e de diversos países do mundo”, disse Luzitânia.


Localizada no antigo Parque Alzira Vargas, na Avenida 28 de Março, a Cidade da Criança funciona de terça a domingo, de 9h às 17h, com entrada gratuita. Às segundas-feiras o local passa por manutenção. Já o chafariz é acionado às 10h, 12h, 14h e 16h, para a alegria da criançada. O espaço conta também com brinquedos adaptados.


21 visualizações
bottom of page