top of page

Cinema Itinerante em Tocos agradou a todos os públicos




O Projeto Cinema Itinerante da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) aconteceu em Tocos no último sábado (19) e agradou a todos os públicos. O evento é gratuito e integra as ações do programa Caravana da Educação. A apresentação aconteceu na Escola Municipal Dr. Getúlio Vargas, com exibição do drama familiar “Extraordinário”, que comoveu tanto aos alunos quanto aos pais dos estudantes e moradores do distrito presentes.


De acordo com o secretário de Educação, Marcelo Feres, o Cinema Itinerante prioriza a exibição de filmes nacionais, abordando assuntos que tenham foco educacional e pedagógico. Segundo ele, o objetivo é levar o entretenimento, a cultura e o lazer às comunidades rurais do interior, a fim de contemplar crianças que moram distantes do Centro da cidade e não têm oportunidade de ir ao cinema convencional.


“A proposta é exibir filmes que possibilitem a discussão entre os estudantes e profissionais envolvidos na rede pública de ensino, como uma importante estratégia de ampliar o conhecimento dos estudantes em um território rural onde o acesso a esse tipo de entretenimento é escasso”, explicou o secretário.





O diretor da Escola, Luiz Augusto Bernardo, falou sobre o sucesso do evento. “São inúmeras as vantagens do cinema na escola para os estudantes. Entre elas, está a possibilidade de fortalecer o gosto pela arte, despertar a criticidade. A Caravana da Educação está contribuindo e muito para isso, foi mágico o que vivemos, pipoca e guaravita à vontade, alunos e pais satisfeitos com que viram e uma mega estrutura montada. Que ações como essas se intensifiquem a cada dia”, destacou.




Com o apoio da Guarda Civil Municipal, a ideia é promover cerca de 100 apresentações ao longo deste ano, segundo a assessora técnica da Seduct, Catia Mello. “É importante destacar que esta ação constitui uma das atividades previstas no Programa Família na Escola, cujo objetivo é resgatar e fortalecer o convívio familiar e promover a ampliação do contexto cultural da comunidade e favorecer a integração da Proposta Pedagógica da Escola”, afirmou.


O filme conta a história de um garoto que nasceu com uma deformação facial, levando-o a passar por 27 cirurgias plásticas. Aos 10 anos, pela primeira vez frequentará uma escola regular, como qualquer outra criança. Lá, precisa lidar com a sensação constante de ser sempre observado e avaliado por todos à sua volta. Com direção de Stephen Chbosky, o longa traz no elenco Julia Roberts, Jacob Tremblay e Owen Wilson.





161 visualizações
bottom of page