top of page

Coordenação do Programa Bolsa Família orienta articuladores municipais







A Coordenação do Programa Bolsa Família da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) deu início, nesta quarta-feira (29), a um novo ciclo de reuniões com articuladores das escolas municipais. A subsecretária de Educação, Rita Abreu, participou do encontro, representando o secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres.



“Até sexta-feira (31), as equipes vão estar no Instituto Superior de Ensino Professor Aldo Muylaert (Isepam) de 8h30 às 12h30. No primeiro dia, o encontro contemplou as unidades das regiões educacionais 1 e 7. Nesta quinta-feira (30), serão atendidas as unidades das regiões 2, 6 e 9 e, por último, 3, 4, 5 e 8 na sexta”, disse Rita.







A coordenadora do programa na Seduct, Silvia Teixeira, explica que o público-alvo são diretores, articuladores, pedagogos e supervisores das escolas municipais. O objetivo dos encontros é enfatizar a importância da Ficha de Comunicação de Aluno Infrequente (FICAI), que visa estabelecer o controle da infrequência e do abandono escolar de crianças e adolescentes e ainda falar sobre as mudanças no Programa Auxílio Brasil, que passou a se chamar Bolsa Família novamente.



“Vale ressaltar que a FICAI é uma ação do município, na qual a gente acompanha as frequências nas escolas da Rede Municipal. Já o Bolsa Família é o acompanhamento da frequência das Redes Estaduais, municipais, particular e ainda da Faetec. A condicionalidade da Educação que o Governo Federal solicita ao município que deve acompanhar essa frequência para liberar o pagamento ao beneficiário, a FICAI é uma pactuação, não é um projeto, não é um programa. É uma ficha que registra a infrequência. É fruto de uma parceria firmada com o Ministério Público Estadual, os Conselhos Tutelares e a Seduct”, explicou Silvia.




Além das reuniões no Isepam as equipes também estão visitando algumas escolas durante esta semana. O objetivo é capacitar diretores e articuladores. Nesta segunda-feira, foi a vez da Escola Municipal Lions Goitacá, no Parque Alvorada e da Escola Municipal Marechal Arthur da Costa Silva, no bairro Presidente Vargas. Na quarta-feira, o encontro aconteceu na Escola Municipal Francisco Ribeiro Siqueira, situada na localidade de Babosa.





“A gente está capacitando algumas escolas, as maiores, individualmente, porque nos permite estar mais próximos da realidade do bairro, da escola, são vivências diferentes. Por isso temos feito esses encontros nas unidades, ou no nosso setor, depende da disponibilidade do diretor em nos receber”, completou Silvia.



Na semana passada, o encontro aconteceu no Liceu de Humanidades de Campos e foi voltado aos profissionais das Redes Estaduais e Faetec. A reunião contou com a presença da Diretora Regional Pedagógica do Estado, Amanda Passalini. A coordenação municipal do Programa na Educação informa, por meio do Sistema Presença, essa frequência das redes municipal, estadual e Faetec.


43 visualizações

Comments


bottom of page