Creche de Donana recebe Curso de Primeiros Socorros nesta sexta-feira



A segunda etapa do curso de Primeiros Socorros na Creche Escola de Donana vai acontecer nesta sexta-feira (10). A primeira ocorreu na quarta-feira (08). A capacitação é realizada pela Faculdade de Medicina de Campos (FMC), com excelente adesão das unidades escolares da rede municipal de ensino, e visa possibilitar que os professores consigam agir em situações emergenciais até a chegada da assistência médica especializada nas unidades, evitando óbitos. Na semana passada, foram contemplados os funcionários da Creche Escola Jocineia da Silva Borges, Novo Jóquei. No dia 15 de junho a ação avançará para a Creche de Nova Canaã; dias 22 e 24 de junho na Creche do Parque Boa Vista; e nos dias 29 de junho e 01º de julho, na Creche de Tocos. O secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, lembrou que incidentes com moedas, tampas de caneta, peças pequenas de brinquedos e outros objetos, ou mesmo alimentos, podem causar engasgo ou sufocação em crianças pequenas, sendo uma das principais causas de morte acidental de bebês de até um ano de idade, de acordo com dados do Ministério da Saúde. “Se podemos contribuir para prevenção, é melhor que o façamos, evitando, assim, situações mais graves. São recomendações essenciais para a vida. Agradeço imensamente à Faculdade de Medicina por ser parceria das nossas unidades escolares”, afirmou Marcelo. Diretora da Creche do Novo Jóquei, Gilza Helena de Oliveira, que também é enfermeira por formação, destacou que o treinamento é de grande relevância para a comunidade escolar. “Lidamos com crianças diariamente e podemos ajudar a salvar vidas a partir desse conhecimento de primeiros socorros. Primeiro, o professor Igor fez apresentação para os seus alunos da faculdade com o mostruário dele. Depois, cada professor nosso teve a oportunidade de fazer as manobras de primeiros socorros. São situações que podemos passar a qualquer momento, não somente na escola, mas até mesmo em casa ou na rua. Ele mostrou o quanto fazer esse primeiro socorro com segurança é importante”, disse. O professor do Curso é Igor Leal Pena, servidor da Faculdade de Medicina de Campos. Ele é enfermeiro sanitarista, especialista em Saúde Pública com Ênfase em Programa Saúde da Família, e mestre em Gestão em Cuidados de Saúde. Igor leciona na disciplina nos componentes curriculares: Medicina de Família e Comunidade, Habilidades Médicas e Internato em Atenção Básica, por meio da qual acontecem as palestras na rede municipal de ensino. “Trabalhamos temas como parada cardiorrespiratória na criança, bebê e no adulto, choque elétrico, engasgos, queimaduras, convulsões, ensinamos manobras para os professores das creches, enfim. Estamos recebendo bastante retorno por parte das creches e dos professores. Nos baseamos na Lei Lucas que orienta os estados e municípios a realizarem esse tipo de treinamento para os professores da rede básica de ensino”, explicou Igor. De acordo com o médico Leonardo Muniz, professor responsável pela Subcoordenação de Internato em Urgência e Emergência / Atenção Básica / Saúde Coletiva / Saúde Mental / Saúde da Família e Comunidade, estudos relacionados às principais doenças que acometem crianças apontam o trauma como uma das causas mais recorrentes com desfechos ruins. “Vários estudos nacionais mostram que 1/4 dos acidentes acontecem dentro do ambiente escolar. Em hospitais de ensino como o da Fiocruz, Cruz Vermelha e Albert Einstein, já existiam esses cursos de primeiros socorros e nós da Faculdade de Medicina de Campos também decidimos ofertar para professores da rede pública, e temos obtido uma excelente resposta. A atenção primária é a maior porta de entrada para a maioria desses sofrimentos”, explicou Muniz. Segundo Muniz, outra proposta de curso está disponível. “Também ofertamos cursos para a comunidade escolar com noções de saúde e prevenção de doenças na infância. Além disso, a 4ª Policlínica do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro, onde também atuo como médico, começará a ofertar, em breve, o curso de primeiros socorros como forma de devolvermos à sociedade todo o apoio que a gente recebe”, adiantou. Aline Moreira Mendes, diretora da Creche Getúlio Vargas, também comentou: “Estamos a todo momento buscando ofertar uma educação cada vez melhor. Essa parceria da Prefeitura com a FMC é muito importante para o dia-a-dia dos nossos alunos, pois nosso público é de crianças pequenas e o risco é muito grande de acidentes. Com o curso, alinhamos nossa prática profissional à Lei Lucas nº 13.722 e nos sentimos preparados para agir em eventuais situações de emergências", pontuou. A professora Bernadeth Tavares também opinou: "Foi maravilhoso! Através desse curso, aprendemos muitas técnicas que podemos usar no nosso dia-a-dia. No caso de uma criança se engasgar saberemos como proceder diante dessa situação. Também aprendemos como devemos agir com pessoas em crises convulsivas, em caso de afogamento”, disse.

4 visualizações