top of page

Curso de Plano de Negócios para o Programa Economia Criativa segue avançando



Mais uma etapa das aulas do Curso de Plano de Negócios para o programa Economia Criativa foi realizada esta semana. O programa é desenvolvido pela Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) em parceria com a Tec Incubadora. De acordo com a gerente de articulação de projetos da Seduct, Adriana Crespo, essa foi a última aula do módulo de branding, ministrado pela professora de Designer Gráfico e instrutora, Julia Ambrozini.


"Chegamos na metade do curso e as equipes já estão encontrando o propósito e a identidade de suas marcas. Nessa quarta-feira (11), as equipes terminaram de preencher o material de marca que a Julia passou no início do módulo e ela foi conversando com cada um, como se fosse uma consultoria individual. O primeiro módulo foi formalização, o segundo, com a Julia, foi de branding. Neste módulo ela falou de propósito e identidade de marca, design thinking e modelagem de negócio canva. Estou feliz com o andamento do programa, vendo os participantes engajados e cheios de expectativas com seus projetos tomando forma de negócios. Estamos no caminho certo" , disse Adriana.


Julia Ambrozini ressaltou a importância do posicionamento ao que se refere à marca do produto no mercado.


"Quero lembrar que posicionamento não é como enxergam a sua marca no mercado. Posicionamento é como você quer que enxerguem. Este trabalho não é um trabalho que a gente pode pegar pronto em algum lugar. Então, é fundamental a gente entender isso para as ações que a marca vai tomar no mercado terem consistência, sejam elas de comunicação ou não. Lembrem-se, posicionamento é renúncia. É uma definição que tem que bater o martelo e ser revistada com uma certa frequência pra ver se faz sentido", finalizou.



ECONOMIA CRIATIVA


As atividades do programa Economia Criativa tiveram início em novembro do ano passado, com uma aula inaugural na sede da Tec Incubadora, que fica na Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (Uenf). Foram selecionados 10 projetos com propostas enquadradas em diferentes modalidades temáticas.


O programa oferece duas bolsas por projeto e cada uma custa R$ 1.100,00. Isso significa que cada projeto vai receber R$ 2.200 mensais, durante 4 meses. Ou seja, são quase R$ 9 mil reais em quatro meses. Os aprovados vão fazer um investimento de apenas R$ 2 mil reais para se capacitarem no curso de plano de negócios que a Tec Incubadora oferece, restando, ainda R$ 6.800,00 para o projeto.

34 visualizações
bottom of page