Curso do Projeto Família na Escola para profissionais da Educação em outubro

O encontro serviu para fazer os últimos ajustes relacionados à adesão e implantação do Projeto-piloto Família na Escola (PFE) em Campos

Foto: Reprodução


A coordenadora do Programa Saúde na Escola (PSE), nutricionista Catia Mello, promoveu nova reunião virtual com representantes da Secretaria Nacional da Família (SNF), do Governo Federal, nesta terça-feira (31). O encontro serviu para fazer os últimos ajustes relacionados à adesão e implantação do Projeto-piloto Família na Escola (PFE) em Campos. O diretor de Desafios Sociais no Âmbito Familiar da SNF, Daniel Celestino; e a coordenadora geral de Apoio à Formação e Desenvolvimento da Família, Kamila Manoeli Carrilho, participaram do encontro virtual.


Kamila apresentou a proposta do Projeto e salientou que um curso EAD será disponibilizado aos profissionais da rede municipal de ensino, a partir do mês de outubro, oferecendo certificação de 30h. Os módulos do curso compreenderão o fortalecimento dos vínculos familiares, direitos e deveres da família, marcos do desenvolvimento da criança, interação família e escola, e o papel da família no desenvolvimento da inteligência, vontade e afetividade.


“Foi um momento de muito diálogo, traçado de metas e estratégias para adesão ao programa, uma vez que, Campos dos Goytacazes é o primeiro município do Brasil a demonstrar interesse, sendo também referência de implantação para todo o território nacional. Neste mês de setembro, o Programa Saúde na Escola estará junto à Secretaria Nacional da Família construindo o Plano de Trabalho e há a expectativa de, no mês de outubro, haver uma cerimônia no município para assinatura da parceria”, destacou Kamila.


De acordo com Celestino, Campos dos Goytacazes será pioneiro na implementação do Projeto Família na Escola e servirá de modelo para outros municípios. “Juntos, podemos promover o fortalecimento dos vínculos familiares e o desenvolvimento integral das crianças e beneficiar inúmeras famílias”, disse.


Catia Mello acrescentou que a equipe do PSE demonstra grande expectativa e interesse pelo projeto, pois acredita que, por meio dessas intervenções, direitos e deveres da família estão sendo garantidos. "Se não tivéssemos esse apoio do professor Marcelo e do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, não seria possível voar. Não fazemos nada sozinhos. Nosso foco é sempre o aluno. Para isso, vamos desenvolver um trabalho integrado, ainda, com a Fundação Municipal de Esportes, Secretaria Municipal de Saúde, e diversos setores da Seduct", garantiu Catia.


Para os integrantes da equipe do PSE, Thaís Larissa Almeida e João Paulo Oliveira, essa parceria é fundamental no estreitamento das relações entre família e escola, mantendo esse diálogo constante, levando informação e conhecimento às famílias, dessa forma, colaborando para a construção de um futuro promissor.


Reportagem: Kamilla Uhl

0 visualização