top of page

Economia Criativa encerra Terceira Edição com premiação de quatro projetos


Com a premiação dos projetos vencedores, a cerimônia de encerramento da terceira edição do Programa Municipal de Apoio à Economia Criativa foi realizada nessa terça-feira (14), na Câmara de Dirigentes Lojistas de Campos (CDL). Os quatro empreendedores com melhor desempenho na apresentação de seus pitchs foram: Fran Produz; Os Bonequinhos; Studio Malum e Ruas da Planície. Como bônus, os vencedores vão participar do programa Negócio Fechado em parceria com a J3 News. O programa é desenvolvido pela Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) em parceria com a Tec Campos Incubadora.


A secretária da pasta, Tânia Alberto, participou do evento e solicitou que todos os participantes do Economia Criativa possam ir até as escolas públicas conversar com os jovens e incentivá-los na criação de projetos e no fomento de ideias.





“Use a experiência de vocês, a emoção que vocês demonstram, porque é o que acreditam, para irem às nossas escolas, conversar com os nossos jovens que ainda se sentem inseguros em relação ao futuro profissional. Nós estamos desenvolvendo um projeto novo, a Seduct mudou todo o seu currículo para que nos anos finais do ensino, os alunos passassem de 23 horas semanais para 30 horas efetivas de aula. E eles têm três disciplinas inovadoras no currículo, que são projeto de vida, projeto integrador e projeto de computação. E a gente precisa muito de pessoas como vocês, que podem inspirar pela ação e pela prática que demonstram. Trabalhos como “O Bonequinho”, o hip-hop, a dança, a produção artística, tudo isso ajuda muito essa juventude. Quero aproveitar essa oportunidade para convidar vocês e todos os outros profissionais que participam dessas ações, tenham esse momento,  dêem essa contrapartida social importantíssima que é inspirar os nossos jovens”, disse Tânia.


Já a subsecretária de Ciência e Tecnologia, Suzana da Hora, citou a importância da parceria entre as duas instituições e disse ainda que a Ciência deve sempre ser valorizada por todos. “Mais uma vez, Campos dá um importante passo, escrevendo uma nova história! A ciência e a tecnologia, juntamente com a Educação, valorizando a criatividade do nosso povo, constituindo uma importante ferramenta de geração de renda, de ocupação e de autorrealização para as pessoas”, ressaltou Suzana.


Foto: Kamilla Póvoa


De acordo com a gerente de Articulação de Projetos da Seduct, Adriana Crespo, nesta 3ª edição, o número de projetos selecionados passou de 10 para 20, o que gerou mais 20 empreendedores criativos capacitados e conhecedores de seus negócios, sendo essa a essência do programa. Ela disse ainda que, como articuladora e implantadora de programas e projetos na Seduct, quer fazer o programa crescer e aprimorar a cada edição para que se possa fomentar a cultura empreendedora e criativa no município.


“Precisamos acompanhar as mudanças do mercado e a parceria com a Tec Incubadora, que tem a expertise reconhecida a nível nacional, tem demonstrado isso. O time de empreendedores está cada vez mais qualificado e focado com a nova mentalidade do mercado. A cada edital buscamos adotar melhorias no programa cujas demandas sempre são levantadas mediante abordagens junto a empreendedores e gestores participantes de edições anteriores a fim de se fazer um balanço do programa e levantar críticas, sugestões e lacunas. Certamente iremos trazer novidades e surpresas boas para o próximo edital, que está na expectativa de sair no segundo semestre deste ano”, anunciou Adriana.



Foto: Kamilla Póvoa


 

“FRAN PRODUZ”


A grande vencedora da noite, Anna Franthesca Souza, do projeto “Fran Produz”, falou que participou do primeiro edital com uma antiga produtora e ressaltou que o apoio do programa é muito importante. Ela propôs ainda a realização do primeiro Seminário de Economia Criativa no setor cultural e ressaltou um projeto que alia Cultura e Educação.



“Estamos com o projeto circulando agora, que é o Calígrafo Urbano, que está na segunda edição. A gente captou esse recurso através da Lei Paulo Gustavo. Nós estamos pintando a primeira empena de alfabeto Wild Style do Rio de Janeiro, e é um edital a nível estadual, com amplitude a nível nacional, porque o Rio de Janeiro nunca recebeu um projeto desses. Para além dessa pintura do alfabeto, nós estamos circulando em 26 escolas com Ideb baixo, ou seja, nós queremos chegar onde ninguém chega, onde tem as crianças mais abrigadas, com o menor índice de educação, as escolas têm mais dificuldade de receber projetos culturais, então a gente está levando arte e cultura onde não costuma receber, e é muito significativo porque cada escola vai receber uma letra do alfabeto, que vai ser feita através de uma oficina de grafite com artista e a culminância é a empena na Uenf, ou seja, a gente está falando para crianças que não têm nem noção de que elas podem chegar na universidade também. Então tem vários simbolismos envolvidos nesse projeto”, finalizou Franthesca.


Estiveram presentes no evento o presidente da Tec Incubadora, Henrique da Hora; o diretor-presidente do Sicoob Fluminense, Neilton Ribeiro, a gestora do Espaço Multicultural e consultora do programa, Kátia Macabu, entre outros.


 PROJETOS VENCEDORES

 

Fran Produz - Anna Frantchesca e Yuri


Fran Produz é uma empresa de gerenciamento de projetos criativos na área de economia criativa e cultura, com foco específico em artes visuais no município de Campos dos Goytacazes. O propósito é produzir e promover a economia criativa, conectando artistas, consumidores de arte, empresas e profissionais que buscam soluções criativas para seus negócios.

 

Os Bonequinhos - Diego Ventapane


O projeto “Os Bonequinhos” surgiu para contar histórias através de uma técnica de animação que surgiu com o cinema, o Stop Motion.

 

Studio Malum - Luiza Moço


O Malum é uma marca de cerâmica artesanal e ecobags que combina criatividade, sustentabilidade e originalidade. As peças únicas refletem a essência da natureza e da cultura brasileira com qualidade e design atemporal.

 

Ruas da Planície - Igor Faria


Fazer festas e eventos que representem a cultura hip hop na planície, gerar entretenimento de qualidade e uma experiência única ao público, fazendo uma conexão entre a rua e os artistas convidados.


Fotos: Mauro Antônio

72 visualizações

Comments


bottom of page