Educação ambiental foi a pauta do Hora da Educação desta semana



A coordenadora de Ciências da Natureza e Educação Ambiental da Seduct, Ísis Vivório, foi a convidada dessa quarta-feira (1º) do programa Hora da Educação, apresentado pelo secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres. O programa é transmitido pelo canal do Portal do Programa de Aprendizagem Eficiente (Pae) no Youtube. O assunto desta semana foi o projeto Reciclar na Rede e a ações de Educação Ambiental. O projeto foi lançado dia 16 deste mês, numa parceria da Seduct com as secretarias de Mobilidade Urbana Meio Ambiente e Planejamento e Serviços Públicos. O objetivo é promover a educação ambiental através da coleta seletiva, com foco na responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos, promover a inclusão social através da reciclagem e, também, conscientizar os alunos da importância da limpeza pública e da destinação correta dos resíduos gerados nas escolas, residências e vias públicas. Durante a execução do projeto serão desenvolvidas várias atividades com os alunos, entre elas, fazer o caminho do lixo que vai percorrer aterros, cooperativas, até o produto final, além de atividades semanais, que serão enviadas para as escolas. Atualmente, 28 unidades escolares fazem parte do Reciclar na Rede, mas a ideia é aumentar esse número. Durante a live, Isis explicou que, a partir da próxima segunda-feira, 6, serão montadas nas unidades, equipes formadas por um agente da cozinha, limpeza, um professor responsável, um gestor e um aluno responsável por cada ano de escolaridade. “O grupo vai ser responsável por fazer a separação e a higienização correta dos resíduos sólidos que vai entrar na cadeia produtiva da cidade e vai ajudar nas cooperativas os que precisam desse ‘lixo’ para sobreviver”, pontuou a coordenadora. Ísis reforçou a importância de cuidar do Meio Ambiente. “São ações contínuas, pequenas, mas que trazem estrondoso resultados no futuro. Essa temática a gente vem trabalhando na Rede, mostrando que a importância, o significado do ambiente, precisa ser trabalhado em equipe, em conjunto. O meu trabalho, sozinha, como coordenadora, não traz resultado. Nós precisamos dos gestores que queiram ajudar, do secretário, das unidades e dos alunos para que o ambiente seja renovado, transformado. É um trabalho que a gente começa agora, mas o resultado é lá na frente”, explicou Isis. Já Marcelo Feres ressaltou o papel transformador da Educação e lembrou que muitas vezes as crianças não conseguem cuidar bem do planeta porque não foram educadas para isso. “Os adultos estão sempre dando exemplos às crianças, bons e maus. Por isso, estamos tratando esse assunto com tanta seriedade, envolvendo as escolas, os alunos e também os pais e responsáveis, de forma articulada, criando um ambiente que seja mais favorável ao meio ambiente”, finalizou.

1 visualização