top of page

Educação e CCZ alinham Projeto Um Dia Com Seu Pet Nas Escolas




As feiras de adoção e vacinação de animais na Cidade da Criança Zilda Arns em parceria com o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria Municipal de Saúde, têm sido um grande sucesso. Dezenas de cães e gatos foram vacinados e adotados este ano no local graças à integração entre os dois órgãos. Agora, o CCZ e a Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) vão ampliar a parceria para a promoção de ações educativas nas escolas da rede municipal de ensino, por meio do projeto Um Dia Com Seu Pet nas Escolas.


Para alinhar o projeto, o diretor do CCZ, Carlos Morales, participou de reunião com o secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, e a assessora técnica da Secretaria, Catia Mello, na segunda-feira (19), na sede da Seduct. Trata-se de ação itinerante do CCZ com exposição de animais disponíveis para adoção, além de palestras educativas sobre o tema.


“Os alunos poderão levar seu animal de pequeno porte (pet) para serem vacinados e observados pelos nossos veterinários. Em breve, vamos divulgar o local, data e horário em que será realizado o primeiro de muitos eventos deste tipo”, informou Morales.


De acordo com Marcelo, a ideia é também incluir castração móvel, concurso de beleza Pet e apresentação dos cães da Guarda na programação. “Esse tipo de evento promove a integração entre profissionais e a comunidade escolar e vem ao encontro das propostas do Programa Família na Escola”, disse o secretário.


Ele lembrou que, recentemente, em novembro do ano passado, a Escola Municipal Dr. Getúlio Vargas, em Tocos, promoveu, de forma independente, o Projeto “Pet na Escola”, no qual cada aluno pôde levar seu animalzinho de estimação e transformar o dia letivo numa grande comemoração, apresentando seu pet e contado a história dele junto à família.


“Gato, cachorro, passarinho, hamster e peixe foram algumas das espécies que “invadiram” a escola. Os alunos nunca mais esquecerão esse dia. Iniciativas como essa são muito bem-vindas, pois ajudam a despertar a afetividade e compartilhar sentimentos, contribuindo com o processo de ensino-aprendizagem, além de ajudar os próprios animais”, destacou Marcelo.




30 visualizações

Commentaires


bottom of page