Educação e Saúde implantarão consultório odontológico para profissionais do ensino




Em breve, os profissionais da rede municipal de ensino contarão com atendimento odontológico na sede da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct), por meio do Programa Saúde na Escola (PSE). Nesta quinta-feira (1), o secretário da pasta, Marcelo Feres, promoveu reunião com o diretor do Departamento Odontológico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), José Luiz Oliveira, para tratar do assunto. Essa é mais uma medida da Secretaria visando à valorização profissional.



De acordo com Oliveira, serão ofertados serviços de clínica geral. As especialidades serão encaminhadas para o Centro de Especialidades Odontológicas que funciona na sede da SMS, antigo Centro de Saúde de Campos, na Rua Gil de Góes.



“É de grande importância a parceria entre a Seduct e o Departamento Odontológico. Dentro das nossas diretrizes, vamos oferecer tratamento odontológico restaurador e, também, priorizar as ações de Promoção de Saúde Bucal e Prevenção. Desta forma, vamos oferecer um tratamento completo à clientela definida pela Secretaria de Educação com profissionais capacitados. A Educação e a Saúde sempre andando de mãos dadas. Temos como princípio o cuidado com as pessoas no que concerne à sua saúde bucal e como consequência a saúde geral. É mais uma parceria de sucesso!”, disse oliveira.





Da Educação, também participaram do encontro: o subsecretário de Gestão Operacional, Nilo Manhães; a assessora técnica, Catia Mello; e o diretor do Departamento de Infraestrutura, Francisco Freitas.



“Em algumas semanas, já vamos começar a receber os equipamentos odontológicos cedidos pela Secretaria de Saúde, a quem agradecemos a parceria. O projeto de valorização dos nossos profissionais do ensino inclui, ainda, oferta de testagem contra covid e vacinação contra covid na própria Secretaria; criação da Escola de Formação de Educadores Municiais (Efem); regulamentação da equiparação salarial dos profissionais do magistério ao piso nacional; o retorno do pagamento da regência de classe e o retorno dos professores substitutos, entre outras medidas”, afirmou Marcelo.


Marcelo destacou, também, a elaboração de um novo processo seletivo com a convocação de centenas de professores substitutos, este ano; processo seletivo e convocação de mediadores e cuidadores para atuarem na Educação Especial Inclusiva; projeto Diálogo com Educadores, aproximando os profissionais do ensino do secretário; projeto Secretário em ação, que ampliou o diálogo com os gestores escolares por meio de visitas às unidades; criação do Comitê Permanente de Planejamento e Gestão (CPPG), favorecendo um processo de construção de uma gestão democrática e colaborativa.


Outras importantes medidas foram: pagamento de férias atrasadas a centenas de servidores públicos; retorno do pagamento da regência, após criação de nova lei; e a implantação do plantão de atendimento aos gestores, que acontece semanalmente na sede da Secretaria, com a presença do secretário, subsecretários e diretores de departamentos, a fim de aumentar a resolutividade e agilidade na resposta das demandas.

"Essa é mais uma iniciativa desta importante parceria entre Saúde e Educação cujo foco é atenção à saúde dos profissionais da educação. A saúde bucal tem íntima relação com o nosso estado de saúde geral, pois a boca interage com todas as estruturas do corpo", finalizou Catia Mello.



124 visualizações