top of page

Educação e Uniflu discutem parceria visando qualificação dos profissionais da rede municipal de ensi




O secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, recebeu em reunião, nesta terça-feira (28), representantes do Centro Universitário Fluminense (Uniflu) - composto pelas antigas Faculdades de Direito de Campos, Odontologia e Filosofia, visando à capacitação para qualificação dos profissionais da rede municipal de ensino. O encontro aconteceu na sede da Secretaria e contou com participação da reitora Marcelle Torres; pró-reitor Cristiano Miller e o presidente da Fundação Cultural de Campos, mantenedora do Uniflu, Nillo Fernandes.


A ideia é oferecer descontos para os servidores para que possam se qualificar e garantir uma melhor qualidade do ensino público. Além disso, viabilizar um programa de estágios junto ao curso de Pedagogia, por exemplo.


“Essa parceria é muito bem-vinda. Temos parcerias com diversas universidades e, por meio do Programa Saúde na Escola (PSE), por exemplo, ofertamos diversos serviços de fonoaudiologia, psicologia, entre outros, nas escolas e creches, com apoio dos cursos de nível superior. É importante que os professores tenham o diploma de graduação para o enquadramento no Plano de Cargos e Salários, passando a receber mais 15% sobre o salário, representando um aumento real. Isso é um grande incentivo e ajuda a reduzir a evasão de profissionais da rede”, disse Marcelo.



Um novo encontro será agendado nos próximos dias junto ao Departamento Jurídico da Secretaria. A reitora falou sobre a união entre os setores. “Estamos muito sensíveis a esse projeto e a Fundação vê com bons olhos a possibilidade de ajustar os valores, oferecendo mensalidades diferenciados para que os servidores da rede municipal de ensino possam fazer sua primeira ou segunda graduação”, afirmou Marcelle.


Dando prosseguimento à política de valorização profissional e capacitação dos servidores, a Prefeitura de Campos vai conceder o Programa "Bolsa Educacional" para os professores da rede municipal de ensino que ainda não têm nível superior. Por meio da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct), será ofertado um subsídio no valor de R$ 200 para que esses educadores façam sua primeira graduação na área da Educação.




82 visualizações

Comments


bottom of page