top of page

Educação inicia reprodução das Provas CAED para avaliação interna dos estudantes



A Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) iniciou a reprodução das avalições que serão utilizadas durante a aplicação da Prova Caed em junho deste ano. A Prova representa uma avaliação interna aplicada por Campos, em parceria com o Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (Caed/UFJF), antes da Prova Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica) que, por sua vez, será aplicada em outubro em todo país.

Segundo o secretário de Educação, Marcelo Feres, a prova Caed contempla alunos do 2° ao 9° ano de escolaridade, já a Saeb é destinada aos estudantes do 5° e do 9° anos. “Todos os professores, pedagogos e diretores têm acesso aos resultados não apenas da nota, mas do grau de desempenho que cada aluno teve em cada uma das questões classificadas em níveis diferentes de competências e habilidades, de acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), e da matriz de competências e habilidades utilizadas na prova Saeb”, explicou Marcelo.



A diretora pedagógica da Secretaria, Tânia Alberto, afirmou que a distribuição vai começar a ser feita a partir de 30 de maio. “O Caed fornece o arquivo em pdf e nós fazemos a reprodução e distribuição das avaliações. Posteriormente, eles corrigem e nos dão as análises do desempenho dos alunos”, explicou Tânia.


Marcelo lembrou que o Caed é reconhecido pelo Ministério da Educação como órgão de excelência em avaliação diagnóstica. “Estamos trabalhando muito para dar as condições necessárias às escolas, aos professores e aos profissionais de modo geral, para que os alunos possam ter uma boa frequência escolar e fazer uma boa avaliação. É a partir disso que os profissionais podem reformular estratégias de trabalho em sua escola de acordo com as necessidades levantadas pelos alunos”, afirmou Marcelo.



Já o Saeb é realizado periodicamente pelo Inep desde os anos 1990 e tem por objetivos, no âmbito da Educação Básica: avaliar a qualidade, a equidade e a eficiência da educação praticada no país em seus diversos níveis governamentais; produzir indicadores educacionais para o Brasil, suas regiões e Unidades da Federação e, quando possível, para os municípios e as instituições escolares, tendo em vista a manutenção da comparabilidade dos dados, permitindo, assim, o incremento das séries históricas; subsidiar a elaboração, o monitoramento e o aprimoramento de políticas públicas baseadas em evidências, com vistas ao desenvolvimento social e econômico do Brasil; e desenvolver competência técnica e científica na área de avaliação educacional, ativando o intercâmbio entre instituições educacionais de ensino e pesquisa.


A coordenadora do Ensino Fundamental Anos Finais da Secretaria, Ana Márcia Scot, esclareceu que no mês passado, a Seduct realizou também simulados em 146 unidades da rede municipal de ensino, a fim de preparar melhor os alunos para as avaliações Caed e Saeb. “Das 146 unidades, 40 são do segundo segmento do Ensino Fundamental. Ao todo, 1.602 alunos do 9º ano e 5.022 alunos do 5º ano fizeram simulados de Língua Portuguesa e Matemática com 10 questões cada”, explicou.


271 visualizações

Comentarios


bottom of page