Educação orienta onde retirar Notinha Legal e CredLivro para Bienal



Alunos e profissionais da rede municipal de ensino vão receber a Notinha Legal e o CredLivro a partir de segunda-feira (31), para adquirirem obras literárias durante a 11ª Bienal do Livro de Campos. Na última edição da feira, não houve oferta dos vales, que voltaram a ser garantidos pela Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) este ano. Os contemplados devem ficar atentos sobre como e quando devem retirar os benefícios.


Aproximadamente 10 mil alunos da rede municipal serão contemplados com notinhas legais, totalizando R$ 20,00 para cada estudante, o que representa um investimento geral de R$ 200.000,00. Eles deverão retirar o benefício na Bienal a partir de quinta-feira (03/11), durante o evento. O aluno deverá estar acompanhando do responsável institucional (professor ou gestor), munido da listagem nominal dos alunos com assinatura dos mesmos ou de seus pais ou responsáveis.


Já o Credlivro vai beneficiar cerca de 5.130 profissionais, com R$60 de crédito, totalizando um investimento de R$ 307.800,00. Para facilitar o troco, eles receberão “cédulas” personalizadas que representam a quantia de R$ 20, R$ 10,00 e R$ 5,00. Eles deverão retirar os vales na sala 13 da Seduct na segunda-feira (31) e terça-feira (01/11), das 9h às 12h ou das 14h às 17h, munidos de contracheque e documento com foto.


De acordo com o secretário de Educação, Marcelo Feres, poderão retirar os vales os profissionais que atuam diretamente no processo pedagógico do aluno, entre eles professores estatutários, professores de processo seletivo, animadores culturais, auxiliares de secretaria, auxiliares de turma, diretores escolares, vice-diretores, instrutores de artes e ofícios e pedagogos.


“A medida integra a política de valorização profissional dos servidores e estimula a leitura tanto por parte dos nossos profissionais quanto dos alunos. Em breve, a Seduct informará o local de retira dos vales. É uma excelente oportunidade para que eles possam investir em livros, já que, durante as bienais, diversas editoras e livrarias fazem promoções de obras literárias”, comentou Marcelo Feres.

De acordo com Ana Raquel Pourbaix, membro da Comissão Organizadora da Bienal/Seduct, não terão direito aos vales os profissionais permutados, cedidos ou inativos. Os que estão em licença médica ou licença prêmio estão aptos a retirar o benefício. “Importante esclarecer que a entrega é pessoal e intransferível a terceiros. Como se trata de verba pública, temos critérios específicos e somente o próprio servidor deverá assinar e retirar o vale”, destacou.


O evento acontecerá entre os dias 2 e 9 de novembro, no Guarus Plaza Shopping, organizado pela Prefeitura de Campos, por meio da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima, com apoio de diversos parceiros como o SESC-RJ, e receberá cerca de 200 mil livros e 90 selos literários. A programação foi apresentada pelo prefeito Wladimir Garotinho no dia 19 de outubro e contará com grandes nomes como Zélia Duncan e Arnaldo Antunes.


498 visualizações