Escola de Práticas Artísticas realizando sonhos de crianças e adolescentes


Há três anos a professora Camille Mendes se mudou de São Gonçalo para Campos e aguardava uma oportunidade para matricular os três filhos, Nathy, 8 anos; Ana Carolina, 13 e Jamille, 11, em cursos gratuitos voltados à arte e cultura. Por meio da Escola de Práticas Artísticas (EPA), Camille realizou o sonho. Desde a última terça-feira (05), quando as aulas começaram, as crianças estão fazendo os cursos oferecidos pela instituição, que são dança, teatro e música. Camille conta que eles estão muito felizes e querem ir todos os dias. "Estava procurando algo extraclasse para as crianças não ficarem tão presas em casa, principalmente depois da pandemia. Ouvi falar desse curso grátis, de qualidade e adorei. Estava esperando reabrir as matrículas. Elas fazem todos os cursos que a EPA oferece", diz. O projeto é promovido pelo Departamento de Animação Cultural da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct), em parceria com a Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL). Podem participar crianças e adolescentes entre 6 e 15 anos de idade. De acordo com a coordenadora da Animação Cultural, Eliana Carneiro, as aulas são ministradas duas vezes por semana, das 8h30 às 11h e de 13h30 às 16h, sempre às terças e quartas-feiras. A coordenadora do Epa e animadora cultural, Neide Brasil, explica que o principal objetivo do projeto é dar oportunidade às crianças e adolescentes de experimentar um contato direto com a arte. “Acreditamos na arte como incentivadora, transformadora e estimuladora para o desenvolvimento do pensamento crítico”, diz Neide.

8 visualizações