top of page

Escola José Giró Faísca, de Travessão, vai iniciar reforma




Reforma de telhado, pintura, revisão nas instalações elétrica, sanitária, hidráulica e polimento de piso. Esses são alguns dos serviços que serão realizados na Escola Municipal José Giró Faísca, localizada em Travessão, que passará por obras de reforma a partir das próximas semanas. A Ordem de Serviço (OS) foi assinada na manhã desta terça-feira (28) pelo secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres.


O secretário reforçou a importância da obra, tão aguardada pela comunidade escolar. "Essa é uma reforma bastante esperada por todos. E, com esse trabalho, vamos corrigir e sanar os problemas de infraestrutura da unidade e trazer mais conforto e comodidade para os alunos e funcionários. Sabemos que o ensino-aprendizagem também depende de um espaço confortável para que todos possam absorver conhecimentos tendo um espaço aprazível", disse Marcelo Feres.


A José Giró Faisca atende 247 alunos, do pré I ao 5º ano e tem clientela de bairros e localidades como KMs 13, 14, 15 e Arraial. A gestora Karine Trajano Silveira Martins disse que a reforma vai ser extremamente útil para a escola.


"É de fundamental importância esse trabalho, principalmente ao que se refere à saúde das crianças e funcionários, pois o piso não é impermeabilizado e há infiltrações nas salas. Agradeço ao prefeito Wladimir Garotinho e ao secretário Marcelo Feres. É uma vitória para todos nós", ressaltou a gestora.


Marcelo destacou que o Programa de Expansão e Reestruturação prossegue na rede municipal de ensino. As obras de reforma chegaram a cerca de 50 unidades escolares. Desse total, a Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia já concluiu os serviços em 25 creches e escolas; as demais continuam em execução.


EXPANSÃO - Em paralelo, a Prefeitura está partindo para a expansão na Rede, segundo o prefeito Wladimir Garotinho. “Agora vamos dar início à ampliação de 27 unidades, aumentando a capacidade de atendimento, todas no modelo de construção modular. Fora as que estão em licitação no modelo tradicional, com tijolo e cimento. Iremos, ainda, construir mais 5 novas unidades, também por meio de construção modular”, informou o prefeito.


Das 27 unidades previstas para ampliação, 20 serão creches e 7 escolas. E das 5 novas unidades a serem construídas, serão 3 creches e 2 escolas. Segundo Marcelo Feres, com a recuperação das creches e escolas, a Prefeitura está reconquistando, também, a dignidade e confiança dos profissionais, alunos e pais de estudantes.

80 visualizações

Comments


bottom of page