Escolas recuperam laboratórios de informática com verba PDDE


A informática na escola favorece ao estudante acesso a recursos tecnológicos nas aulas, ajudando a alcançar o conhecimento de forma mais criativa, interdisciplinar e motivadora. Por isso, as salas de informática representam uma necessidade no ambiente escolar. E é pensando nisso que a Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) segue orientando os gestores escolares a utilizarem a verba do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) para aquisição de novas peças e equipamentos para restruturação dos computadores das salas de informática, além de usarem os recursos para outras aquisições, dentro de suas finalidades legais. Diversas capacitações estão sendo ofertadas para os diretores de escolas e creches visando fortalecer cada vez mais a autonomia da gestão escolar no que se refere à aplicação dos recursos federais do PDDE e suas Ações Integradas. Um deles foi realizado na Câmara Municipal neste semestre, em quatro módulos. De acordo com o gerente geral de Tecnologia da Informação da Seduct, Samuel Menezes, uma das unidades que colocaram essa orientação em prática foi a Escola Manoel Ribeiro do Nascimento, na Tapera. “É importante que outros gestores também tenham essa consciência. Temos orientado para que eles utilizem essa verba do PDDE também com esse objetivo e nossa equipe está à disposição para orientar e fazer os ajustes necessários, em parceria com as escolas”, disse. Segundo a vice-diretora da unidade, Maria José de Andrade, com a verba PDDE foram adquiridas novas memórias para atualização das maquinas, além de televisores. E por meio do Projeto Escola Conectada, do Governo Federal, a unidade instalou o serviço de internet em todos os setores. “Tínhamos apenas quatro computadores funcionando a contento, outros 17 estavam com memória antiga e não dava condições do professor trabalhar em sala de aula. Pedimos orientação ao setor de informática sobre quais peças comprar e fomos muito bem atendidos. Agora nosso laboratório de informática está funcionando em sua totalidade. Os professores estão radiantes. Também recebemos da Secretaria de Educação novos laboratórios de robótica, de matemática, de ciências e os pedagógicos (brincar e aprender). Estamos muito satisfeitos”, afirmou Maria. A diretora Cristina Lúcia Gomes garantiu que as crianças estão encantadas. “Estamos vivendo um novo tempo. Foi uma grande vitória. Queria muito agradecer ao secretário de Educação, Marcelo Feres, e a toda equipe da Seduct, principalmente do setor de informática, que nos ajudaram a melhorar nosso trabalho. Eles são maravilhosos, sempre somos muito bem atendidos por eles. Agora, a internet chega até na cozinha, na sala de recursos, não somente no laboratório de informática. Agora vamos alavancar nossa educação, os professores estão muito satisfeitos e toda escola está muito feliz”, comentou. A subsecretária de Gestão Orçamentária e Financeira, Carla Patrão, acrescentou que o PDDE conta com verbas com destinações anuais, com caráter suplementar, visando atender necessidades prioritárias que garantam o bom funcionamento das unidades escolares, promoção de melhorias na infraestrutura física e pedagógica e incentivo à autonomia da gestão escolar, participação da comunidade através do exercício da cidadania e controle social. “A Seduct está não apenas equipando as escolas, mas, também está ofertando cursos de capacitação nas mais diversas áreas da Ciência e Tecnologia. Estamos investindo na formação continuada dos professores, por meio da Escola de Formação dos Educadores Municipais (EFEM), para que estes possam manusear o computador de forma correta, visando a busca de melhores resultados”, afirmou.

1 visualização