top of page

Escritora mineira Carolina Maria de Jesus retratada em espetáculo da EPA




O universo crítico, questionador e profundo da escritora mineira, Carolina Maria de Jesus, foi retratado nesta terça-feira (30) em mais um espetáculo do grupo Escola de Práticas Artísticas (Epa), no Teatro de Bolso. As apresentações tiveram início na terça-feira (29) e a última aconteceu hoje, às 15h. A EPA tem participação de alunos da rede municipal de ensino.


O espetáculo "Carolina Maria de Jesus para Além do Olhar" tem texto e direção assinados por Neide Brasil. No turno da tarde, a direção ficou por conta de Fernanda Barbosa. A coreografia é de Fátima Estefan; maquiagem, Aline Vagner; Cenário, Paulo Tarso; preparação musical vocal, Marcelo Miranda; iluminação, Branco; Sonoplastia, Markinho Sá e maquinaria Igor Salino.


A personagem principal, Carolina Maria, foi interpretada pelas atrizes Fernanda e Nathy. As primas Luiza e Alice Gomes interpretaram o "Conhecimento" e narraram a história da peça. Luiza entrou na Epa desde que o grupo foi criado, em 2017. "Foi muito bom fazer parte da peça. Amo Teatro. Faço desde os 3 anos. Já Alice disse que achou o texto muito bom", contou. "Foi uma experiência incrível. Gostei muito do texto, mesmo sendo longo. Faço teatro há dois anos, já fiz balé e gosto muito dos espetáculos" explicou Alice.


Coordenadora do Teatro de Bolso e professora da Epa, Neusinha da Hora disse que o grupo sempre busca escritores e artistas que deixaram um legado para o Brasil. "A proposta foi trazida pela Neide Brasil e aceita por todos. A Carolina Maria é uma escritora que emociona, leva à reflexão e suas obras continuam atuais. Esse espetáculo foi apresentado pela primeira vez na XI Bienal", pontuou Neusinha.


A Epa já apresentou os espetáculos "Cândido Portinari ", "Nossos Brasis" e "Essa Gente de Teatro". Todos foram encenados no Teatro de Bolso. A Escola de Práticas Artísticas existe desde 2017 e tem como objetivo fomentar a formação da prática em arte, dança, música e, também, artes plásticas. O grupo é um projeto da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) em parceria com a Fundação Cultural Jornalista Osvaldo Lima (FCJO).


As crianças aprendem maquiagem artística, adereço cênico e atuação. O projeto acontece no Teatro de Bolso todas as terças e quartas-feiras, de 8h às 11h e à tarde, das 14h às 16h.


34 visualizações

Comments


bottom of page