top of page

"Estação Educação" é elogiada por diretores e professores da rede municipal


“A receptividade foi muito boa, pois, a cada avanço tecnológico que conseguimos fazer, mais beneficiados ficam nossos alunos e professores. Esse projeto é de grande importância para e ensino-aprendizagem, porque, através da sala-estúdio, vamos conseguir avançar fronteiras, levando o ensino para fora da sala de aula”. O depoimento é da diretora da Escola Municipal Maria Lúcia, Ana Maria Santiago Pessanha, unidade que já ganhou uma sala-estúdio do projeto “Estação Educação”. A primeira unidade do Estação Educação foi implantada na sede da Secretaria de Educação, Ciências e Tecnologia (Seduct). Logo em seguida, o projeto foi levado para a Creche Escola João Perdecene Neto, Lapa; Escola Municipal Getúlio Vargas, em Tocos; E.M. Maria Lúcia, no Parque Turfe Clube; Ciep Wilson Batista, em Guarus, e Amaro Prata Tavares, no Centro. A próxima inauguração vai ser feita na E.M. Albertina Venâncio, no distrito de Travessão, com data ainda a ser definida. Quem também está satisfeita com o projeto é a diretora da João Perdecene Neto, Elaine Cristina Reis da Silva. “A sala tem sido um recurso excelente, sendo utilizada diariamente e atendendo professores de diversas unidades. Várias aulas já foram gravadas. Tem sido de grande importância para levar a todos os alunos da rede aulas diversificadas sobre as apostilas que são disponibilizadas no Programa de Aprendizagem Eficiente (PAE). Assim temos a possibilidade de reforçar o aprendizado que já acontece em sala de aula, dando aos alunos da rede municipal mais oportunidades de desenvolvimento” reforçou Cristina. Professora da Rede Municipal, Denise Carneiro Gomes, também elogiou o projeto. “Trabalho na rede municipal há 16 anos e surgiu a grande oportunidade de trabalhar na sala estúdio. Confesso que foi um grande desafio, mas estou crescendo como profissional e adquirindo novos conhecimentos. Para nós, professores, uma inovação; para os gestores e coordenadores um olhar à frente, com perspectivas futuras. Inovar sempre. Sou grata", exclamou a professora. ACERVO SENDO MONTADO A coordenadora do Estação Educação, Neidimar Abreu, explica que o projeto visa a gravação e edição de vídeos educacionais produzidos pelos departamentos, escolas e coordenações da Seduct. Ela disse ainda que está sendo montado um acervo de videoaulas. Os profissionais técnicos e professores das salas-estúdios passam por treinamento e orientações constantes e o propósito maior desse investimento é universalizar a educação municipal garantindo os direitos de aprendizagens aos nossos alunos. De acordo com Neidimar, vários vídeos já foram gravados e agora estão passando por um processo de curadoria e edição, visando oferecer um material de qualidade para os alunos com muita responsabilidade. Em breve, o material será postado no portal PAE para toda comunidade escolar. “O Estação Educação é um projeto inovador que utiliza equipamentos de última geração, com o objetivo de potencializar a aprendizagem dos nossos alunos e minimizar os efeitos causados pela privação das aulas presenciais no momento pandêmico. E é por isso que estamos otimistas e com muitas expectativas para o lançamento das videoaulas. Quero ainda ressaltar que os roteiros das aulas estão sendo bem elaborados e passam pela revisão da coordenação do projeto. Os professores de ensino virtual, como são chamados, estão utilizando diversos recursos tecnológicos de audiovisuais e de multimídias com intuito de despertar a atenção do aluno. As videoaulas farão parte de mais uma estratégia pedagógica e valiosa para o professor que visa enriquecer sua prática e promover a aprendizagem dos alunos” ressalta Neidimar. ESTRUTURA VISTA COMO MODELO O projeto Estação Educação foi idealizado pelo secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, durante o período de pandemia, quando as escolas precisaram se adequar à nova realidade de ensino. “Na época, pensamos em criar um mecanismo que nos ajudasse durante o período de aulas remotas, mas que pudesse permanecer ao longo do tempo. O Estação Educação tem chamado a atenção até mesmo das unidades particulares. Já recebemos a visita do diretor pedagógico do Colégio Salesiano de Campos, Arthur Chrispino, que esteve na sala-estúdio da Seduct e também conheceu a estrutura da sala-estúdio montada na Creche Escola João Perdecene Neto. Esse projeto representa esse avanço no ensino-aprendizagem”, declarou o secretário. De acordo com o diretor de mídias sociais, Welliton Rangel, o projeto Estação Educação vai ter, no total, 13 salas-estúdios preparadas com 26 câmeras, iluminação, microfone e outros recursos, nas unidades escolares selecionadas. “Tudo isso para que os professores apresentem conteúdos previstos para cada semana de aula, por meio de “estações”, separadas por níveis educacionais”, concluiu Wellinton.


10 visualizações
bottom of page