Estação Educação inaugura a sexta sala-estúdio na E.M. Amaro Prata Tavares


A Escola Municipal Amaro Prata Tavares ganhou a sexta sala-estúdio do projeto Estação Educação, na noite desta quinta-feira (7). Batizada como “Sala Estúdio Guto Leite”, o equipamento homenageia o empresário da área de publicidade, falecido em junho de 2020. Familiares de Guto prestigiaram a inauguração. A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) vai implantar 13 salas-estúdio na rede municipal de ensino. "Este é um espaço de aprendizagem, onde alunos e professores vivenciam novas experiências educacionais. O Estação Educação é um projeto importante, que, ao ajudar a repassar diferentes conteúdos, auxilia a acelerar o ensino nesse momento pós pandemia, de retomada das aulas presenciais. E, falando pela família de Guto Leite, que era meu cunhado, agradecemos à Seduct pela homenagem", disse a diretora da E.M. Amaro Prata Tavares, Christiane Tinoco Leite. Representando o secretário Marcelo Feres, a coordenadora do Estação Educação, Neidimar Abreu, destacou a importância do novo espaço. "Em nossas salas-estúdios, o volume de gravações e edições de aulas é intenso, e isso é muito bom porque mostra o comprometimento de todos os professores no projeto. Em breve, vamos inaugurar a sétima unidade, na Escola Municipal Albertina Azeredo Venâncio, em Travessão", contou a coordenadora. De acordo com o diretor de Mídias Digitais, Wellinton Rangel, o projeto Estação Educação já entregou salas-estúdio na escola Getúlio Vargas, em Tocos; Escola Municipal Maria Lúcia, no Parque Turfe Clube; Creche João Perdecene Neto, Lapa; e na sede da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct). O projeto visa à gravação e edição de vídeos educacionais produzidos pelos departamentos, escolas e coordenações da Secretaria. “No total, o Estação Educação vai contar com 13 salas-estúdio preparadas com 26 câmeras, iluminação, microfone e outros recursos, nas unidades escolares selecionadas, para que os professores apresentem conteúdos previstos para cada semana de aula, por meio de “estações”, separadas por níveis educacionais”, comentou Wellinton. O "Estação Educação" tem chamado a atenção até mesmo de gestores de unidades particulares. No mês passado, o diretor pedagógico do Colégio Salesiano de Campos, Arthur Chrispino, visitou a sala-estúdio da sede da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct). A visita foi acompanhada pelo secretário da pasta, Marcelo Feres. O objetivo foi conhecer o espaço para montar algo semelhante na unidade particular de ensino. O diretor do Salesiano também conheceu a estrutura da sala-estúdio montada na Creche Escola João Perdecene Neto, na Lapa, a primeira unidade escolar, fora da sede, a receber o equipamento.


12 visualizações