Estudantes vivem novo tempo com aula de robótica






Olhos brilhando e curiosos, muita vontade de aprender e dezenas de perguntas. Foi assim que os alunos da Escola Municipal Manoel Ribeiro do Nascimento, na Tapera, tiveram o primeiro contato com o mundo da robótica nesta terça-feira (27). Eles participaram da primeira aula de robótica no laboratório de tecnologias da unidade, com a presença do secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres; da coordenadora de Tecnologias e Mídias Digitais da Secretaria, Anna Karina Vieira, além da equipe técnica da Secretaria.


Essa é uma das 16 escolas municipais que já receberam os kits de robótica e, desde segunda-feira (26), as unidades estão fazendo uma apresentação do material para os estudantes, apresentando os guias de montagem, vídeos sobre como cuidar dos kits, e sobre a importância do trabalho em equipe. Tudo isso de forma lúdica e didática. Outras 11 unidades estão sendo contempladas com os kits nesta semana. O secretário afirmou que essa é apenas a primeira etapa do projeto de implantação da robótica na rede municipal de ensino.


“O projeto vai avançar para outras unidades escolares. Estamos verdadeiramente criando um novo tempo para a educação de Campos. A sociedade mudou e o modo de ensinar não pode ser mais o mesmo. A robótica é um ambiente para experimentação e descoberta dos princípios tecnológicos. Com essa medida, estamos introduzindo nossos alunos no futuro. Os kits de montagens que estamos entregando contém diversas peças que possibilitam a simulação de objetos do mundo real, que são animados através da ação de motores, lâmpadas e sensores, podendo ser controlados pelo computador”, explicou o secretário.


Há 35 anos na rede municipal de ensino, Anna Karina afirmou que é a primeira vez que os laboratórios são implantados nas escolas municipais. “Tivemos o cuidado de pesquisar em outros lugares como Belo Horizonte, escolas particulares, Rio de Janeiro, Curitiba, para fazermos um plano de ação para viabilizar a implantação desses laboratórios na nossa rede municipal, que vão proporcionar aos alunos a oportunidade de aprender de maneira diferente usando tecnologia de ponta”, assegurou.




A professora de suporte pedagógico, Alice de Oliveira Fonseca, falou sobre a importância do lúdico para os alunos. “Associar a teoria à pratica traz toda vivência do que eles estudam na sala de aula para a atividade concreta. Vemos o crescimento, a interação e alegria deles em construírem o saber atuando de forma concreta, trabalhando suas habilidades, formando cidadãos conscientes, que vão atuar na sociedade muito melhor preparados”.


A professora do laboratório, Natalia Sobrinho, “Está sendo uma alegria muito grande poder fazer parte desse momento e implantar esse laboratório de robótica tão esperando por nós professores e pelos alunos. Eles estão muito empolgados e felizes com essa novidade. Acredito muito nessa proposta. Agora eles vão encontrar novas perspectivas. Com certeza, vai impactar de forma muito positiva na vida desses alunos. Agradeço muito esse apoio que temos recebido com esses materiais novos que estão chegando em nossas unidades”, comentou.


Mais kits


De acordo com o secretário, foram adquiridos 166 Kits de robótica destinados a 46 unidades escolares que ofertam educação infantil; 84 unidades que ofertam ensino fundamental anos iniciais e a 36 unidades que ofertam ensino fundamental anos finais. “Já podemos ter mais esperança. Com essas ferramentas será possível eliminar as barreiras de aprendizagem dos nossos estudantes. Estamos em uma construção paulatina para avançar nesse processo. Isso representa o início da materialização da ciência e tecnologia na educação do município”, completou.


Anna Karina acrescentou que um ebook digital está sendo distribuído para as escolas contempladas, contendo o plano de ação para os laboratórios de robótica da rede municipal de ensino. Os diretores e professores de informática também estão participando de reuniões constante para conhecerem o projeto a fundo. Além disso, a Seduct ministrou capacitações para diretores, pedagogos e 42 professores de laboratórios, antes da chegada dos kits, em junho e julho deste ano.

PROJETO LABMAIS


Os laboratórios de robótica integram o Projeto LABMAIS, por meio do qual a Seduct também adquiriu 120 kits de laboratórios de Matemática e Ciências que estão sendo destinados a 84 unidades que ofertam ensino fundamental anos iniciais, e a 36 unidades que ofertam ensino fundamental anos finais. Outros 211 conjuntos de Laboratórios Brincar e Aprender estão sendo distribuídos para as unidades, contendo recursos educacionais lúdicos.



CONFIRA AS ESCOLAS CONTEMPLADAS NA PRIMEIRA FASE


CIEP Maestro Villa Lobos

CIEP Wilson Batista

EM Anleifer Leite Fernandes

EM Branca Peçanha Ferreira

EM Claudia Almeida

EM Custódio Siqueira

EM Dr. Getúlio Vargas

EM Francisco de Assis

EM Frederico Paes Barbosa

EM Lídia Leitão

EM Lions II

EM Manoel Coelho

EM Manoel Ribeiro Nascimento

EM Nossa Senhora Aparecida

EM Prof.ª Eunícia Ferreira da Silva

EM Sagrada Família

CE 29 de Maio

CIEP Prof.ª Carmem Carneiro

EM Gonçalo Francisco Nunes

EM José Giró Faísca

EM Maria Lúcia

EM Prof. Paulo Freire

EM Profissional São José

EM Santa Maria

EM Santa Terezinha

EM Sebastião Ribeiro de Deus


97 visualizações