top of page

Faperj reconhece e destaca sucesso do Programa Startup Campos



A Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ) destacou, no site do órgão, o sucesso do Programa Municipal Startup Campos, ofertado pela Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct), em parceria com a Tec Campos Incubadora de Base Tecnológica. A matéria veiculada no portal mostrou que as inscrições para o Startup Campos, este ano, superaram as expectativas tendo, em média, 5 inscritos por vaga.

“O Startup Campos alinha o município às políticas nacionais, como o recente Marco Legal das Startups, o marco Tecnológico, entre outros”, diz a publicação. No passado, foram apenas 27 inscrições, ao passo que este ano, foram 59 inscritos.


A Faperj é a agência de fomento à ciência, à tecnologia e à inovação do Estado do Rio de Janeiro. Vinculada à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, a agência visa estimular atividades nas áreas científica e tecnológica e apoiar de maneira ampla projetos e programas de instituições acadêmicas e de pesquisa sediadas no Estado do Rio de Janeiro. Isso é feito por meio de concessão de bolsas e auxílios a pesquisadores e instituições, previstos no Programa Básico (com calendário informando a abertura 2 vezes ao ano) e os editais para bolsas e auxílios.


O secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, destacou que o reconhecimento demonstra que Campos está no caminho certo. “No ano passado, as bolsas eram de R$ 1.100,00. Este ano, inicialmente iriamos ofertar 12 bolsas, porém, em virtude do alto grau de qualidade dos projetos, a Prefeitura ampliou para 16 o número de bolsas no valor de R$ 2.500,00, visando contemplar mais empreendedores com perfil inovador e tecnológico”, disse Marcelo.




A gerente de articulação de projetos da Seduct, Adriana Crespo, também falou sobre o assunto: “A Faperj, nos últimos anos, tem sido a maior financiadora de inovação do Estado do Rio de Janeiro, e foi a inspiração do Programa Startup Campos, da Prefeitura Municipal de Campos dos Goytacazes. A notícia aponta a intensa concorrência e mostra o amadurecimento do ecossistema nos últimos anos”, afirmou Adriana.


O presidente da TEC Incubadora, Henrique da Hora, disse que os números de empresas nascentes de base tecnológica eram muito tímidos, mas que a procura por este edital superou as expectativas. “As startups geram empregos de maior especialização, pagam melhores impostos para o município, em geral têm atividades de baixo impacto ambiental e conectam a economia local às pesquisas realizadas por instituições como Instituto Federal Fluminense (IFF), Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Universidade Cândido Mendes-Campos, entre outras”, esclareceu Henrique.


Confira as publicações aqui





44 visualizações

コメント


bottom of page