top of page

Festival dos Estudantes aberto com atrações infantis na Cidade da Criança





O primeiro dia do Festival dos Estudantes levou muita diversão aos estudantes do ensino infantil das escolas municipais e particulares da cidade. O evento, iniciado nesta quinta-feira (10), aconteceu na Cidade da Criança e reuniu cerca de 500 crianças, que também eram de instituições conveniadas, como a Associação de Pais de Pessoas Especiais (Apape), além dos assistidos de projetos sociais. No parque temático, a programação foi repleta de atrações com peças teatrais, contação de histórias lúdicas, gincanas e diversas brincadeiras.


Organizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social, o Festival dos Estudantes tem como objetivo promover a integração entre estudantes do ensino infantil ao ensino superior.


Para o secretário de Desenvolvimento Humano e Social, Rodrigo Carvalho, que abriu oficialmente o Festival durante a manhã, o evento tem um papel social importante porque promove a integração dos estudantes e dos assistidos e dá acesso a diferentes atividades fora das salas de aula. “ Hoje a Cidade da Criança ficou cheia de estudantes, mas também de assistidos das instituições conveniadas. Assim, o víeis social é importante, porque a interação é importante, fazendo esse encaixe com outros mundos já que eles têm a oportunidade de sair um pouco da sala de aula”.


“Estamos começando a nossa programação toda voltada para a educação infantil nesse mundo mágico que é a Cidade da Criança, que é um espaço que traz interação, momentos de diversão e muitas aprendizagens. A Seduct não poderia ficar de fora do Festival dos Estudantes, um evento que celebra os nossos alunos e oferece diversas atividades”, disse a subsecretária de Educação Rita Abreu.


Uma das escolas participantes do primeiro dia de Festival foi a Escola Municipal Thierry Homero Ribeiro Gomes, da localidade Alta da Areia. Os alunos foram ao evento acompanhados dos professores e funcionários. Para a aluna Maria Eduarda dos Anjos, de 10 anos, o Festival deve acontecer mais vezes. “Está tudo muito bom e muito lindo. O trabalho que estão fazendo está maravilhoso e tem que ter outra vez. E se tiver outro evento assim eu vou comparecer com certeza”, disse a estudante.


Acompanhando os alunos, a professora Elis Regina Muguet, da Escola Municipal Darcy Ribeiro, elogiou o Festival como importante evento para a educação infantil. “É uma experiência única para as crianças, porque elas gostam muito de estar nesses ambientes. Eles estão vivenciando e explorando. Isso é muito importante para a educação infantil como um todo”, explicou a professora.


Com três dias de programação, o Festival segue nesta sexta-feira (11) e sábado (12), mas no Parque Alberto Sampaio, com apresentações musicais, esportes, batalhas de rimas e de Tik Tok, campeonato de altinha e de free fire, além de mesas para debates sobre diversos assuntos do universo estudantil e universitário.

0 visualização
bottom of page