Formaturas marcam a semana dos alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA)


A semana foi de formaturas da Educação de Jovens e Adultos (EJA). A primeira foi dos alunos da Escola Municipal Prata Tavares e, nesta sexta-feira, (8) serão as Escolas Municipais Olga Linhares e Luiz Sobral. No início da semana, as comemorações foram realizadas no Cemstiac, Escola Municipal 29 de Maio e Professora Eunícia Ferreira da Silva. Atualmente, 28 unidades escolares oferecem a EJA, que tem 3.258 alunos A coordenadora da EJA, Greice Souza, falou sobre a importância dessas celebrações: “Estamos em uma semana de formaturas e nós, enquanto governo municipal, nos sentimos muito felizes de estarmos participando desse momento marcante e decisivo na vida de nossos alunos da EJA, na inserção no mercado de trabalho, devolvendo a cidadania e acima de tudo elevando a autoestima e realizando sonhos daqueles que não tiveram oportunidade de estudar no período do ensino regular”, ressaltou Greice. Para a diretora do 29 de Maio, Adriana Martins de Matos, que tem na escola 276 alunos na Educação de Jovens e Adultos, a formatura é um momento único. “Como gestora, me sinto renovada sempre quando me deparo com momentos como esses na nossa escola. A emoção é enorme. Esses alunos são exemplos de superação. Quero agradecer a toda equipe da escola, em especial aos nossos queridos professores e a todos que fizeram esse dia ser tão especial na vida deles. Não tenho dúvidas que a Educação Ilumina Vidas", disse. Já a diretora da E.M. Professora Eunícia Ferreira da Silva, Daniely Pelicioni Azevedo, disse que a formatura é um dia muito especial, principalmente após 2 anos de pandemia. “Estamos formando mais uma turma com mais de 20 alunos, não foi fácil esse retorno, tivemos que ter uma relação de autêntico diálogo. A EJA é também um resgate de alunos que não tiveram oportunidades educacionais na idade certa, elevar a autoestima desse aluno é um dos maiores desafios. Compromisso, entusiasmo e competência são ingredientes necessários para as equipes que trabalham com eles público”, disse. Professora de Geografia da EJA, na Escola Professora Eunícia Ferreira da Silva, Deleon Santana, fala da emoção de trabalhar com um público tão especial. “A palavra de ordem para essa semana é perseverança! Defino esse trabalho como um exercício desafiador e de interfaces, um termo corriqueiro na geografia, consubstanciando a simbiose de dois espaços distintos, nessa perspectiva, um espaço é a escola e o outro é o trabalho do alunado. Por isso, finalizo considerando todos nossos alunos como vencedores, mesmo com todas as dificuldades do dia a dia, perseveraram e concluíram com muitos esforços mais um ciclo de suas vidas” pontuou o professor.

Aluna da EJA, Daniele Oliveira Dias Pessanha, disse que esperava por esse dia desde a juventude. “Não foi fácil chegar até aqui, mas consegui. Hoje, é uma mistura de sentimentos. Estou muito feliz por terminar mais uma etapa na minha vida. É um sentimento de dever cumprido por chegar onde estou, alegria ansiedade e satisfação por ser capaz. Hoje, sei que posso, sim, realizar os meus sonhos e objetivos. Se cheguei até aqui foi com o meu esforço e a dedicação dos professores, diretores e auxiliares. obrigada por tudo!", diz Daniele.

10 visualizações