Fundadores do Instituto Neurodiversidade visitam Cidade da Criança e do Futuro




Representantes do Instituto Neurodiversidade visitaram, nesta sexta-feira (19), a Cidade da Criança e do Futuro, onde será implantado, pela Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct), um Centro de Referência em Educação e Vivência Inclusiva. O secretário da pasta, Marcelo Feres, acompanhou a visita e conversou com os especialistas sobre o projeto do equipamento, ao lado da equipe técnica da Seduct.


O Instituto é referência em autismo, TDAH, deficiências e terapias multidisciplinares e reúne, em um único lugar, diversas especialidades médicas e terapêuticas voltadas para o desenvolvimento infantil, diagnóstico e reabilitação de crianças a idosos.





“Todos nós do Instituto Neurodiversidade ficamos muito felizes em fazer parte dessa história linda e pioneira que a cidade de Campos está construindo. Parabéns ao secretário Marcelo Feres e toda equipe da Secretaria de Educação pelo brilhante trabalho. A nossa missão é promover a inclusão através da conscientização, da informação, da sensibilização e da ciência”, afirmou João Lucas Maciel, CEO, sócio-fundador e administrador do Instituto. Ele é mestre em Ciências da Atividade Física, com ênfase em Neurociência, e atestou as ações do município.


O professor doutor Sergio Machado também conheceu o espaço. Ele é fundador e diretor técnico-acadêmico do Instituto Neurodiversidade; graduado em Licenciatura Plena em Educação Física; doutorado em Saúde Mental pelo IPUB/UFRJ; doutorado em Ciências do Desporto pela UBI/Portugal; pós-doutorado em Saúde Mental pelo IPUB/UFRJ; ex-professor de Mestrado e Doutorado do IPUB/UFRJ (2014-2017); professor visitante do Mestrado em Ciências do Movimento e Reabilitação da UFSM (2021-2023).


Gestor de Relacionamentos do Instituto Neurodiversidade, Luiz Carlos Vieira Junior, graduando em Desenvolvimento e Coach na área de Desenvolvimento Humano e Inteligência emocional, também marcou presença. Antes, porém, o grupo ministrou uma Capacitação para os Mediadores e Cuidadores que vão atuar nas unidades da rede municipal de ensino a partir de segunda-feira (22), realizada pela Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct), no Teatro Municipal Trianon.

Marcelo destacou que o Centro será um espaço com múltiplas dimensões. "Haverá espaço para capacitação de profissionais na área da educação inclusiva; atividades nas áreas da saúde, esporte, lazer com brinquedos adaptados, entre outros serviços. Para isso, desenvolvemos um projeto que seja sustentável, com base em uma política pública inclusiva que não seja interrompida com o passar dos anos", assegurou.


Ele acrescentou que, com apoio da deputada federal Clarissa Garotinho e do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Campos vai ganhar, ainda, uma Clínica Escola do Autista, a ser construída com recursos do orçamento da União e emendas parlamentares, visando ofertar serviços para o desenvolvimento neuromotor desse público

127 visualizações