Grupo Gotta inaugura sala para continuar incentivando a cultura




A semana já começou em ritmo de inaugurações na Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct). O prefeito Wladimir Garotinho inaugurou a sala do Grupo Oficina de Texto Terra da Alegria (Gotta) nesta segunda-feira (23), nas dependências da Escola Municipal Instituto Profissional São José, na Lapa, em prédio anexo à sede da Fundação Municipal da Infância e Juventude (FMIJ). O novo equipamento recebeu o nome de Espaço Mágico Gotta.


“O trabalho de vocês faz a diferença na educação municipal. Podem me pedir mais, quero cada vez mais ampliar esse trabalho e ajudar esse grupo tão importante. Ao ver o resultado desse projeto, tenho certeza de que há muitos bons profissionais na ponta cuidando de pessoas com carinho. É maravilhoso poder voltar aqui na Fundação, pois a Creche João Perdecene Neto, que também funciona aqui dentro, foi a primeira creche municipal construída em Campos, pelo meu pai Garotinho em 1984”, afirmou o prefeito.





Também participaram do evento a primeira-dama Tassiana Oliveira; secretário de municipal de Administração e Recursos Humanos, Wainer Teixeira; subsecretário de Gestão Operacional da Seduct, Nilo Manhães; presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima, Auxiliadora Freitas; presidente e vice-presidente da FMIJ, Fabiano de Paula e Leandro Castelo; diretora da Escola, Fabíola Pires; e a fundadora do Gotta, Ana Lucia Souza, além de pais de alunos.


Tassiana ressaltou a importância da cultura, da poesia e do teatro na vida dos estudantes. “Na primeira apresentação que vi o Gotta, a coordenadora Simone já me pediu uma sala e aqui estamos nós hoje inaugurando esse espaço. A cultura transforma vidas, quebra preconceitos, promove a educação, abre mentes. Me alegro muito de entregar essa reforma e parabenizo a Simone pelo trabalho, pois a gente sente o carinho e a dedicação com essas crianças, que são atores de verdade, e fazem com que a gente consiga aprender com a história que eles contam”, declarou.


Um dos primeiros alunos do Gotta é Phellipe Rangel que entrou no grupo em 2009, quando tinha 11 anos de idade. Atualmente, aos 24 anos, ele é professor da Escola onde foi inaugurada a Sala do projeto, e foi o cerimonialista do evento de inauguração. “É uma honra ter feito parte desse lindo projeto. Atualmente, o Gotta participa de eventos internacionais através de vídeos, como, por exemplo, na Feira Virtual do Livro (Peru) e Virtual Book Fair (África)”, lembrou.



De acordo com Nilo, que representou o secretário Marcelo, o Gotta recebeu várias honrarias como Prêmio Rio Sociocultural no Teatro João Caetano; certificado da Academia Campista de Letras com poesia de autoria própria; inclusão do projeto no Banco de Dados da Organização dos Estados Íbero-Americanos; “Os melhores de 2012 do Congresso da Sociedade de Cultura Latina – seção Brasil; entre outros reconhecimentos.


“Além dessa nova sala, a Secretaria doou para o projeto geladeira, armários e prateleiras e vamos continuar apoiando no que precisarem, principalmente com transporte para os eventos dos quais eles participam. Parabéns a esses pequenos artistas”, disse Nilo.





A atual coordenadora Simone Jardim acrescentou que a nova sala vai garantir mais dignidade. “Agora temos sala para fazermos nossos ensaios, preparar os textos, pesquisar, enfim, nos sentimos abrigados. Me sinto plena e com uma equipe parceira. Me sinto grata por cada mão que nos auxilia nesse momento. Agradeço a professora Ana que iniciou esse trabalho maravilhoso que já visitou tantas cidades”.


GOTTA - Criado em 2009, o projeto segue desenvolvendo diversas atividades, trabalhando textos de diversos gêneros. Os alunos envolvidos participam de oficinas no contraturno da escola e criam espetáculos teatrais para apresentação tanto nas escolas municipais quanto em outros ambientes que solicitam a participação das crianças. Atualmente, 20 alunos participam ativamente do projeto. São estudantes de diversas escolas da rede municipal de ensino, como Francisco de Assis, Professora Sebastiana Machado Silva, Tarcísio Miranda, Instituto Profissional São José, Custódio Siqueira, entre outras. Além de ser um incentivador da leitura, o Gotta tem por objetivo também tornar os textos acessíveis ao público. Quem desejar receber os espetáculos em suas creches, escolas ou universidades pode agendar as apresentações através dos telefones (22) 998266-292 e 99838-8569.






157 visualizações