top of page

Grupo Gotta: contação de história no Dia do Livro no Museu



Através de contação de história, o Grupo Oficina de Texto Terra da Alegria (Gotta) vai estar presente no Dia Nacional do Livro, comemorado nessa terça-feira (18) de 13h às 17h, no Museu de Campos, situado no Centro da cidade. O evento vai contar com uma tarde de autógrafos com sete escritoras da cidade. A Coordenadora do grupo, Simone Jardim, explicou o espetáculo.


“Essa história vai falar de uma menina cheia de encanto que gostava de histórias, brincadeiras e de dar aulas às suas bonecas. E quando cresceu foi dar aulas para a Educação Infantil e um dos seus maiores sonhos é ficar velhinha cantando e contando histórias de sua terra Campos dos Goytacazes”, disse.


No último domingo (16), o grupo participou da festa em comemoração a 1 milhão de refeições servidas pelo Restaurante do Povo, com o prefeito Wladimir Garotinho. O secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, também estava presente. As crianças levaram alegria através da música e do teatro. Para Simone Jardim, participar de eventos tão importantes mostra que os alunos estão cada dia mais comprometidos com o aprendizado e a cultura.


“Eles se sentem cada dia mais parte da cultura do município e isso é muito importante. O Gotta é formado por alunos de escolas variadas e, atualmente, está com a sua sede no Instituto Profissional São José, dentro da Fundação Municipal da Infância e Juventude (FMIJ), na Lapa. No local, acontecem as oficinas no contraturno da escola regular do aluno, de manhã e à tarde”, explica Simone.


O objetivo do grupo é levar a literatura de forma divertida e interessante para o maior número possível de crianças, adolescentes e até adultos, que em meio a tanta tecnologia perdem o hábito da leitura”, finalizou Ana.



77 visualizações
bottom of page