top of page

Inaugurada nova sede da Subsecretaria de Ciência e Tecnologia na Alberto Torres






O prefeito de Campos, Wladimir Garotinho, acompanhado da primeira-dama, Tassiana Oliveira, e o secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, inauguraram nesta quarta-feira (02), a sede da Subsecretaria de Ciência e Tecnologia, na Avenida Alberto Torres, 174. Ligado à Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct), o espaço também vai abrigar a sede da Escola de Formação de Educadores Municipais (EFEM). Na ocasião, o prefeito fez a entrega de parte dos 8 mil tablets adquiridos pela Prefeitura a três unidades escolares: Ciep Clóvis Tavares, Instituto Profissional São José e Escola Maria Lúcia.




Ainda hoje outras 16 unidades escolares também receberão os equipamentos e a Secretaria continuará fazendo a distribuição ao longo desta semana para mais escolas contempladas. A cerimônia de inauguração contou com a presença de secretários do Governo Municipal e os subsecretários de Educação, além de gestores de unidades escolares e coordenadores de departamentos da Seduct.




Durante o evento foi exibido um vídeo falando sobre a Efem com depoimentos de educadores e gestores que participaram de cursos promovidos pela Escola de Formação.


"Esse mais um objetivo alcançado. Estamos em um momento de esperança e de realizar sonhos. Encontramos uma educação sucateada mas, com a capacidade de escuta do professor Marcelo Feres com todos, conseguimos alinhar. Cuidar das pessoas é cuidar do futuro delas. Isso aqui, hoje, é exatamente cuidar do futuro de nossa cidade. O mundo evoluiu e não podemos ficar parados. O mundo é digital, tecnológico, e a nossa rede tem que estar preparada para isso. Eu quero mais uma vez dizer que confio no professor Marcelo e sua equipe. Educação para mim é inegociável. Temos um dever social e uma responsabilidade muito grande com nossos alunos. Mais importante que a velocidade é a direção e para isso precisamos de todos unidos", disse o prefeito.





Marcelo Feres também falou sobre a importância da inauguração dos novos espaços e das conquistas obtidas pela Educação nos últimos tempos.


"Estamos em um segundo semestre muito produtivo, fruto do que foi plantado antes. Educação envolve, começa e termina com pessoas. A secretaria é de Educação, Ciência e Tecnologia. E chegamos nesse momento tão importante. Campos está melhorando e muito na Educação. A EFEM era uma necessidade, principalmente quando temos 5 mil professores que necessitam de capacitação. É nossa obrigação estarmos preparados para educarmos essa nova geração. Sempre haverá desafios e a Efem permite esse processo contínuo de capacitação. Agradeço ao prefeito Wladimir Garotinho por todo empenho, aos diretores, professores, e vamos continuar com essa união para que a Educação tenha uma nova história", ressaltou o secretário.





A subsecretária de Ciência e Tecnologia, Suzana da Hora, disse que esse é um momento de extrema importância para a Rede.


"A EFEM, que já vem atuando desde 2021, poderá agora, nessa nova sede, dar passos ainda mais largos em sua contribuição para melhoria do nosso ensino e aprendizagem. A subsecretaria de Ciência e Tecnologia, que também vai ocupar essas novas instalações, continuará apoiando todas as ações voltadas para melhoria do ensino-aprendizagem e dialogando com nossas universidades por meio da pesquisa e da extensão e o setor produtivo. A conquista dessa nova sede é fruto da visão do nosso secretário Marcelo e do nosso prefeito Wladimir, do importante papel da ciência e da tecnologia para a nossa cidade", falou a subsecretária.





A coordenadora da Escola de Formação de Educadores Municipais (Efem), Talita Ernesto, disse que a inauguração consolida um sonho, uma ideia que nasceu com o secretário de Educação Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres e se fortaleceu com a equipe de trabalho.


"A educação precisa se alimentar não apenas de conhecimento, mas de pensamento crítico. E a formação continuada, para além de uma atualização dos saberes, é reflexão, é instrumentalização do saber e prática social de transformação. Desejamos Incentivar a cultura formativa de modo a desenvolver um trabalho na rede de educadores do município que seja propulsor de uma educação emancipatória, na qual a problematização esteja presente como um modo de levar os(as) educandos(as) a tomarem consciência de que são seres históricos em permanente construção, e de suma importância para o sucesso do caminhar educativo. E a Efem tem esse objetivo", disse Talita.




O local vai oferecer espaços para a realização de projetos que visam qualificar, capacitar e aperfeiçoar a prática laboral dos profissionais da rede municipal de ensino. A ideia é promover o fortalecimento da Educação, através de ações de capacitação continuada, visando contribuir para a melhoria da qualidade do ensino e da aprendizagem.



A proposta é ampliar as temáticas de formação para todas as áreas dos saberes e todos os segmentos da educação básica, com isso, os professores multiplicadores serão um braço no campo de atuação na escola de Formação.



A nova sede vai contar ainda com sala coordenação de Tecnologias e Mídias Digitais, da coordenação do Projeto Estação Educação, sala de certificação, de Tecnologia da Informação, auditório para capacitações, sala de reuniões, sala da coordenação dos Programas de Bolsas de Pesquisa Científica, Tecnológica, Extensão e Empreendedorismo.

172 visualizações
bottom of page