top of page

Inscrições abertas para capacitação sobre uso do cinema em sala de aula


 


Foto: Cesar Ferreira

 

O cinema é uma arte que envolve diversas linguagens, expressões, culturas e saberes. Partindo desse pressuposto, a Escola de Formação de Educadores Municipais (Efem) iniciará, na próxima quinta-feira (2), o curso “Os Usos do Cinema Nacional na Escola - A Legalidade e a Intencionalidade Pedagógica”, que vai ser ministrado pelo sociólogo, bacharel em Ciências Sociais, mestre e doutor em Sociologia Política, pós-doutor em Políticas Sociais e professor de Direito e Pedagogia da Uniflu, Heitor Benjamim.

 

As inscrições podem ser feitas aqui. Serão 3 encontros sempre às 14 horas: no dia 2, o curso será on-line (clique para acessar) . Nos dias 9 e 16 de maio, as formações serão presenciais na sede da EFEM.


A capacitação tem como público-alvo professores da rede municipal de todas as áreas e níveis de ensino, que tenham interesse em utilizar o cinema nacional como recurso didático nas escolas da Educação Básica.




De acordo com Heitor, o cinema é um patrimônio cultural que reflete a diversidade e a identidade do povo brasileiro. Por isso, pode ser um recurso didático valioso para a educação, capaz de estimular o pensamento crítico, a sensibilidade estética, a criatividade e a cidadania dos estudantes.


“Os participantes vão aprender sobre a importância, as possibilidades e os desafios de utilizar o cinema nacional nas escolas da Educação Básica. Além de conhecer a lei 13006, que torna obrigatória a exibição de filmes brasileiros no mínimo 2 horas mensais nas escolas e, ainda, explorar a história e a atualidade do cinema brasileiro, seus principais gêneros, movimentos, diretores e obras”, adiantou Heitor.


Além disso, durante a capacitação, os educadores vão aprender a montar uma sala de cinema na escola, quais os equipamentos e os suportes técnicos necessários, como garantir a acessibilidade dos filmes e quais os serviços gratuitos que oferecem películas nacionais para as escolas.

 

Eles vão elaborar um plano de aula que utilize um filme nacional como recurso didático, articulando-o com os objetivos, os conteúdos, as metodologias e as avaliações de uma disciplina ou de um tema transversal. Ao final, todos vão receber uma cartilha sobre os usos do cinema nacional nas escolas municipais, que sintetiza os principais pontos abordados na capacitação.


A capacitação nasceu através do projeto "Cartilha sobre os usos do cinema brasileiro nas escolas municipais de Campos dos Goytacazes", que faz parte do programa Mais Ciência. Coordenadora do programa, Leonora Tinoco, disse que O projeto do professor Heitor é de continuidade.


"Ele participou no ciclo anterior do Mais Ciência, no terceiro edital, e nessa primeira etapa foi realizada a preparação do material didático, das cartilhas, e toda preparação de conteúdo para divulgação do material sobre o cinema nacional nas escolas. Trouxe a lei, que versa sobre essa questão do debate do cinema nacional nas escolas, e nesse segundo momento, a própria secretaria solicitou sua continuidade. Ele já começa com as capacitações, trazendo conteúdos diferentes para as escolas, os alunos e os professores. Todo mundo só tem a ganhar, então eu fico muito feliz de ver que esse projeto caminhando e trazendo todas essas possibilidades de novos conteúdos para a nossa rede", concluiu Leonora.

 

Por Mariane Pessanha

Foto: Arquivo pessoal do palestrante

 

139 visualizações

Comments


bottom of page