top of page

Laboratório Móvel Viajando na Ciência estimula a pesquisa nas escolas municipais





O projeto Viajando na Ciência - Laboratório móvel da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) - visitou, nesta segunda-feira (4), a Escola Municipal Francisco de Assis, no Matadouro. Na sexta-feira (8), o caminhão retorna ao local para atender novas turmas. Na semana passada, o projeto itinerante fez a alegria dos estudantes da EM Maria Lúcia, do Turfe Clube, contemplando, inclusive, estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA).




Na próxima semana, serão contemplados os alunos do Ciep Wilson Batista, do Parque Guarus. O objetivo é promover a interação dos alunos com o universo científico, fora das salas de aula. O caminhão é um laboratório itinerante equipado por materiais de Ciências, como réplicas da anatomia humana, estereoscópios, microscópios e objetos para experimentos de Física e Química.




Segundo a coordenadora de Ciências da Seduct, Carla Salles, o laboratório móvel apresenta conteúdos diversificados como dengue, identificação e ciclo biológico do mosquitos; sistemas do corpo humano, dando bastante ênfase na reprodução e desenvolvimento fetal; anatomia comparada do sistema ósseo; citologia; experimentos: densidade, extração de pigmentos dos vegetais, identificação de carboidratos e lipídeos (gordura) nos alimentos; oxidação dos alimentos, tensão superficial da água; além de observação de microscópio e das fases do mosquito no estereomicroscópio.




“O projeto Viajando na Ciência é uma excelente oportunidade para promover o aprendizado e despertar a curiosidade dos alunos. Com a presença do caminhão na escola, os estudantes têm a oportunidade de participar de experimentos práticos, observar demonstrações científicas, se envolver em atividades educativas de prevenção e combate ao aedes aegypti, entre outras ações, tornando o aprendizado mais significativo e consolidado. Além disso, essa iniciativa contribui para despertar o interesse pela ciência e pela natureza, estimulando o pensamento crítico, o envolvimento e a criatividade dos alunos participantes”, declarou Carla.


A diretora da Escola Maria Lúcia, Ana Maria Santiago Pessanha, aprovou a ação. “As crianças e professores tiveram um dia de excelente participação. Os alunos se encantaram com a feira de ciências que a Seduct nos proporcionou. Pedirei que venham mais vezes. Eles atenderam inclusive aos nossos alunos da EJA, que também aprenderam muito. Enfim, foram dois dias de grandes proveitos. Eu pessoalmente classifico como um aulão onde todos aprendemos mais um pouco, foi de grandiosíssimo enriquecimento”, disse.





Para a diretora da EM Francisco de Assis, Nadia Ferreira, a visita do caminhão foi um grande sucesso. “A equipe que conduziu a visita mostrou-se muito profissional e preparada, oferecendo uma experiência educativa e divertida para os alunos. Os alunos tiveram a oportunidade de participar de diversas atividades práticas que enriqueceram o conhecimento em Ciências.  Eles puderam realizar experimentos, observar partes do corpo humano, alimentos  e aprender de forma dinâmica e interativa. Além disso, a equipe soube adaptar as atividades  de acordo com a faixa etária dos alunos, desde a Educação Infantil à EJA, garantindo que todos pudessem aproveitar ao máximo a experiência”, finalizou.



Aluna da EJA na Francisco de Assis, Nubia Azeredo da Conceição elogiou o programa. “Achei muito interessante, incrível. Eu, particularmente, mãe de 4 filhos, não sabia a diferença entre útero e ovário. Visualizar as partes do aparelho reprodutor feminino foi  muito bom. Visualizar também o mosquito da dengue na lupa foi muito interessante. O sapo aberto achei show! Ou seja, amei a feira de Ciências!”, destacou.








90 visualizações

Comments


bottom of page