Libras começa a ser inserida nos vídeos do Projeto Estação Educação





A inserção da Língua Brasileira de Sinais (Libras) nos vídeos produzidos pelo Projeto Estação Educação teve início nesta segunda-feira (12). O projeto visa à gravação e edição de vídeos educacionais produzidos pelos departamentos, escolas e coordenações da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct). Por enquanto, os intérpretes vão atuar na Escola Municipal Prata Tavares, localizada no Centro da cidade, e na Creche Escola João Perdecene Neto, na Lapa.


“Eu assisto os vídeos e faço a interpretação em libras. Gosto muito do meu trabalho, e já fiz algumas outras gravações. Alguns vídeos são tranquilos, outros requerem mais estudos pois são conteúdos específicos, bem pontuais”, disse a intérprete Caroline Severino dos Santos. Já o intérprete Lucas de Abreu Barreto falou sobre a importância de um ensino acessível, seguindo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira (LDB) segundo a qual todos têm direito a educação.


“O acesso à educação e o direito à aprendizagem são garantias constitucionais universais, ou seja, previstas a todos os brasileiros como dever do Estado e da família. A diversidade de experiências, habilidades, contextos e capacidades entre estudantes é uma realidade que deve ser celebrada através de práticas educacionais inclusivas. Quanto mais respeitados em suas diferenças, mais os estudantes e educadores avançam”, acredita Lucas.




O gerente de mídias da Seduct, Wellington Rangel, explicou que, ao todo, serão 13 salas-estúdios preparadas com 26 câmeras, iluminação, microfone e outros recursos, nas unidades escolares selecionadas. Atualmente, há seis salas em funcionamento. As salas-estúdios funcionam em 2 turnos, manhã e tarde, com a presença de técnicos em cada um deles e 35 professores atuando no projeto. "Já são mais de 64 vídeos editados, prontos para irem para o portal PAE, aguardando apenas a implantação de linguagem de sinais e legendas”, ressaltou Wellinton.



O Estação Educação já foi implantado na sede da Seduct; Creche Escola João Perdecene Neto, Lapa; Escola Municipal Getúlio Vargas; E.M. Maria Lúcia, no Parque Turfe Clube; Ciep Wilson Batista, em Guarus, e Amaro Prata Tavares, no Centro. A próxima inauguração vai ser feita na E.M. Albertina Venâncio, no distrito de Travessão, com data ainda a ser definida.





107 visualizações