Live do PSE sobre meditação: Silenciar para meditar na escola

Ida Mara Freire, pedagoga, mestre em Educação Especial, doutora em Psicologia, pós-doutora em Artes Inclusivas , destaca a importância do silêncio e da meditação no contexto escolar

Foto: Divulgação


A Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) realizou nesta terça-feira (31) mais uma Live “Silenciar para Meditar na Escola”. O evento, transmitido ao vivo pelo canal no YouTube do Programa de Aprendizagem Eficiente (PAE), teve a participação de Ida Mara Freire, pedagoga, mestre em Educação Especial, doutora em Psicologia, pós-doutora em Artes Inclusivas pela University of Nottinggam, professora associada aposentada da Universidade Federal de Santa Catarina, membro do conselho editorial do periódico Research in Dance Education e diretora da Potlach Editora e do Ateliê de Arte Contemplativa.

- Quero destacar a importância do silêncio e da meditação no contexto escolar. Quando a meditação começa a fazer sentido na gente, a gente quer compartilhar o dom. Ela faz tão bem para a gente, integra, tem muitos benefícios. A meditação me proporcionou tanta coisa e me proporciona ainda profissionalmente. A meditação muda a nossa percepção. Vivemos em um mundo bombardeado com imagens. Precisamos ficar em paz, em silêncio, ver o que é o invisível. Eu trabalho com pessoas categorizadas na nossa sociedade como pessoas com deficiência, a quem eu chamo de cegas. Elas contam as experiências a partir da memória, do que eles lembram. Elas me ensinam a ver o mundo melhor. Eu troco muito com elas. A cegueira não se trata de uma deficiência, mas de uma experiência sensitiva - afirma Ida Mara, que estudou a cegueira no doutorado.

Na oportunidade foi exibido um vídeo narrado pela própria Ida Mara, de uma experiência que ela teve com a filha em 2011 na África do Sul, onde elas moraram por um ano. O vídeo trata sobre o tempo certo para cada coisa. “Há tempo para tudo. Eu fui para a África do Sul para ouvir as vozes do silêncio da sociedade pós-Apartheid. A melhor forma de você ensinar a alguém é você ensinando a prática”, disse ida Mara, que em seguida realizou um exercício de 10 minutos de meditação ao vivo.

Natural de Presidente Prudente-SP e radicada em Florianópolis-SC, Ida Mara Freire graduou-se em Pedagogia em 1981 pela Universidade Metodista de Piracicaba e trabalhou como professora de educação especial na rede pública do interior de São Paulo. “Na época tinha salas separadas, diferentes, para os alunos especiais”, lembra a pedagoga.


Reportagem: Wesley Machado

1 visualização