top of page

Múltiplas ações da Seduct no mutirão de combate à dengue da Pecuária





Palestras, oficinas, panfletagem e animação cultural. Dessa forma a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) participou do segundo grande mutirão multisecretarial de combate ao aedes aegypti, que aconteceu na Escola Municipal 29 de Maio, na Pecuária, nesta quinta-feira (16).


O Programa Saúde na Escola (PSE) participou com oficinas, palestras sobre prevenção e cuidados com a dengue. As crianças receberam um kit com lápis de cor e material para desenhar e pintar. Para o coordenador João Paulo de Oliveira, momentos como esses são essenciais para que as crianças absorvam as informações e passem adiante.


"É de muita importância para a equipe do PSE participar desse mutirão de combate ao Aedes Aegypti. A proposta é sensibilizar os alunos quanto à importância da prevenção da doença e do combate ao mosquito, informando quanto aos sintomas das doenças transmitidas pelo inseto e seus tratamentos, de maneira didática, lúdica e divertida, mas com intencionalidade e conscientização", disse o coordenador.




A Educação Ambiental também esteve presente. A coordenadora do programa Reciclar na Rede, Ísis Vivório, apresentou o vídeo produzido em parceria com a equipe do programa Estação Educação, que mostra como evitar a dengue.


"A dengue é uma doença que está ligada à saúde pública e a Educação Ambiental tem essa ligação. A falta de cuidado da população com o lixo atrai ratos e mosquitos causadores de doenças e ações como essas ajudam na mudança de mentalidade. As crianças aprendem que precisam cuidar do ambiente onde vivem. Essa união da Saúde com a Educação é muito importante porque toda transformação começa nas crianças" explicou Isis.




A unidade escolar tem cerca de 780 alunos e atende do 1º ao 9º ano de escolaridade, além da Educação de Jovens e Adultos (EJA). A diretora Adriana Matos disse que essa conscientização é muito importante para ajudar a combater o avanço da dengue na cidade. “As crianças gostam muito desse tipo de ação. É algo diferente que chama a atenção deles. Na semana passada participamos do Dia D e teve palestras, aula de campo, pesquisa, danças e eles adoraram", disse Adriana.


Professora do 4º ano, Denise Rocha também aprovou a iniciativa. "Esse trabalho na escola é muito importante porque as crianças aprendem e levam o conhecimento para as famílias e amigos se tornando agentes multiplicadores" comentou a professora.





Aluno do 4º ano, Davi Israel estava animado com a ação. “Eu gostei muito. Aprendi como evitar o mosquito causador da dengue e que não devo jogar lixo no chão. Agora, vou ficar alerta para me proteger da dengue", disse Davi.


Segundo a coordenadora de projetos da Seduct, Neidimar Abreu, toda semana as escolas vão realizar uma ação de conscientização com as crianças. A ideia é envolver também a rede particular.


"Serão 10 minutos onde os alunos vão se conscientizar da importância de manter o ambiente para evitar a proliferação da doença. Não adianta conscientizar sem uma ação educativa, sem que os alunos possam multiplicar os conhecimentos e levar para suas casas, bairros, se tornando agentes mirins", informou a coordenadora.




68 visualizações
bottom of page