top of page

Mais de 23 mil serviços executados pelo PSE em 137 escolas neste ano




O Programa Saúde na Escola (PSE), ligado à Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia e à Secretaria Municipal de Saúde, realizou 23.382 ações e serviços ao longo do ano de 2023, atendendo a centenas de pessoas. São dezenas de projetos que contemplam não apenas alunos da rede municipal de ensino, mas toda a comunidade escolar. Ao todo, 137 unidades foram visitadas pelas equipes do programa neste ano, sendo 57 creches e 80 escolas, além de outros 12 eventos da Prefeitura em locais como Jardim São Benedito, por exemplo.


O coordenador do PSE Campos, João Paulo de Oliveira, afirmou que o programa visa contribuir para a formação integral dos estudantes por meio de ações de promoção, prevenção e atenção à saúde, com vistas ao enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças e jovens da rede pública de ensino. 




“É com alegria e satisfação que encerramos o ano de 2023 com um número expressivo de ações do PSE. Agradeço imensamente a equipe do programa que atua na ponta levando as ações de Educação em Saúde para as escolas/creches do nosso município”, disse.


Para João, a Educação em Saúde tem se tornado cada vez mais importante e estratégica. “Levamos informação e conhecimento aos alunos, responsáveis, profissionais e toda a comunidade escolar sobre como podemos cuidar melhor da nossa saúde, principalmente de maneira preventiva. Ao focarmos em informação e prevenção é possível evitar doenças, usufruindo de uma vida com mais saúde e qualidade. Informação é proteção!”, comentou.




Ele destacou as parcerias com outros órgãos e instituições, que contribuem ainda mais para a ampliação das ações, como IFF Campus Guarus; Faculdade de Medicina de Campos (curso de medicina e farmácia), UNIFLU (curso de fonoaudiologia e odontologia); Secretaria Municipal de Defesa Civil; Universidade Federal Fluminense; Estagiários de Psicologia e Fonoaudiologia do Programa Primeira Chance, setores da Seduct e da Secretaria Municipal de Saúde, como a Subsecretaria de Vigilância em Saúde, que torna possível a vacinação itinerante nas escolas e Creches.




O Programa conta com uma equipe de 27 profissionais entre professores, pedagogos, psicólogas, fonoaudiólogas, nutricionistas, dentistas, enfermeiros, técnicos de Enfermagem, assistente social e administrativo. 





“O trabalho só é possível de chegar nas unidades por conta do envolvimento de todos, seja da equipe do Programa, direção da unidade, setor de transporte, entre tantos outros. Aqui fica a minha gratidão a esses profissionais que a cada dia insistem por uma educação de qualidade pautada na saúde como um todo”, finalizou João.





ALGUNS DOS PROJETOS PROMOVIDOS PELO PSE:


Vacinação Itinerante

Testagem contra covid

Projeto Eu Digo Não - Prevenção ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Projeto Escola Protetora da Mulher

Projeto Aprendendo a Crescer: Estatuto da Criança e do Adolescente

Projeto Saúde do Adolescente

Direito Sexual e Reprodutivo: o Tempo Desejável Para Engravidar

Prevenção do Câncer de Pele

Projeto Roda da Saúde

Projeto Crescer Saudável: Enfrentamento à Obesidade Infantil

Orientação Nutricional

Projeto Família na Escola

Projeto Bullying Não é Legal

Projeto Valorização da Vida

Projeto Saúde Auditiva nas Escolas

Projeto Desenvolvendo Habilidades e Promovendo Aprendizagens

Workshop de Saúde Mental dos Profissionais da Educação - Promovendo Saúde Integral

Projeto Educar Para Transformar: Ensinando Meus Filhos a Sorrir.







48 visualizações

Comentários


bottom of page