Mediadores e cuidadores se apresentam até hoje na Educação





Os mediadores e cuidadores que foram convocados pela Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct), para atuarem na rede municipal de ensino, têm até às 16h desta quarta-feira (14) para se apresentarem na Coordenação de Gestão de Pessoas da Secretaria (sala 3). Mais 115 mediadores e 100 cuidadores foram chamados, por meio de publicação no Diário Oficial do município - edição suplementar – em 02 de setembro (portaria número 05/2022) – AQUI.



Até segunda-feira (12), cerca de 100 profissionais já haviam comparecido, a exemplo de Adriana dos Santos Gomes, que escolheu a Escola Municipal Antônio Joaquim Codeço, em Morro Grande (Morangaba). Ela começou a atender os alunos da unidade nesta quarta. “Graças a Deus estou trabalhando, vou conciliar com meu trabalho com idosos, e para mim não vai ser tão diferente, tenho esse dom de cuidar do próximo com dedicação. Recebi um atendimento ótimo na Secretaria”, comentou.



Esta é a segunda convocação feita pela Seduct. Na primeira, 300 profissionais, sendo 200 mediadores e 100 cuidadores, foram chamados e passaram por uma capacitação, feita pela Secretaria no dia 25 de agosto, no Teatro Municipal Trianon, em parceria com o Instituto Neurodiversidade.


O processo seletivo foi viabilizado após a criação da Política Municipal de Atendimento à Educação Especial Inclusiva, aprovada por meio da Lei nº 9.145, de 05 de maio de 2022, com o objetivo de assegurar o acesso, a permanência, a participação plena e a aprendizagem de bebês, crianças, adolescentes, jovens e adultos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento (TGD) e altas habilidades ou superdotação nas unidades escolares da rede municipal.


De acordo com a coordenadora do Departamento de Educação Especial Inclusiva, Carolina do Carmo, o cuidador presta atendimento aos alunos que necessitam de apoio no âmbito da alimentação, higiene, locomoção e atuação em todas as atividades escolares, visando atender suas necessidades básicas - fisiológicas, higiene e afetivas. “E o mediador visa apoiar os professores das salas de ensino regular, no desenvolvimento do planejamento pedagógico e nas atividades pedagógicas dos educandos, público-alvo da Educação Especial Inclusiva”, explicou.






63 visualizações