Merenda de qualidade e educação nutricional na rede municipal de ensino



“Toda semana a despensa é abastecida e não fica vazia”. A afirmação é da diretora da Creche Escola José Eduardo dos Santos Peixoto Zandonaide, Gilcimara Silva André, que diz ainda que a quantidade enviada pela Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) é suficiente para atender todos os 138 alunos da unidade, inclusive, com repetições. Ela ressalta também que os alimentos são diversificados e elaborados por nutricionistas.

“As crianças têm uma boa alimentação. Antes de ofertarmos o alimento para elas, a gente mostra o ingrediente inteiro. No prato, também é tudo separado. O arroz, feijão, frango, verduras, para que a criança possa ver o que está comendo. E se o aluno olha para o pratinho e diz que não gosta, a gente oferece um pouquinho, conversa e explica que aquele alimento é bom e vai fazer bem. Eu, como gestora, faço questão de acompanhar desde o preparo, manuseio, até chegar o momento da criança se alimentar”, assegurou a diretora.

Ela ressalta ainda que a escola conta com duas merendeiras que passaram por um curso de capacitação sobre como cozinhar, manusear os alimentos e a higiene necessária com o alimento até chegar à panela e ser distribuído às crianças. “Tudo isso é muito importante para que o alimento seja preparado da melhor forma, sem desperdício e garantindo os valores nutricionais”, esclareceu Gilcimara.



Mãe do aluno Carlos Henrique Martins dos Santos Silva, Cláudia Marcia Martins, destacou: “Meu filho fala muito bem da comida, não tenho do que reclamar, é tudo muito direitinho, de ótima qualidade, toda a alimentação é muito boa e sei que é tudo feito com orientação de nutricionista”.

Diretora da Escola Municipal Sebastião Ribeiro de Deus, Débora Albuquerque, também está satisfeita com a merenda enviada aos alunos. “Graças a Deus não temos problemas com merenda. Temos uma alimentação na nossa unidade escolar saudável e variada com sobremesas e frutas, com acompanhamento da nutricionista. Recebemos alunos que, às vezes, só se alimentam na escola, então é de extrema importância todo cuidado para que nossos alunos tenham bom desenvolvimento no corpo e na mente.



Coordenadora de nutrição escolar, Suellem Balbino da Silva, explicou que a escolha dos alimentos é feita de acordo com as normas do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e a quantidade que os alunos necessitam varia de acordo com a faixa etária da criança.

“O cardápio é pensado de forma que a refeição tenha sempre uma proteína, arroz, feijão e salada. Os alunos das creches recebem o desjejum, que é o café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar. Nós temos um quadro de nutricionistas e supervisora de merenda que auxiliam as unidades e, como a merenda é terceirizada, contamos ainda com as nutricionistas da empresa, que fazem visitas semanais. Está sendo realizado ainda um trabalho de educação nutricional com os alunos nas escolas e, nas creches, com os pais”, pontua Suellem.

Além da merenda, tem sido entregue com regularidade nas unidades escolares todos os materiais escolares necessários ao bom desenvolvimento das aulas, como lençóis, toalhas de banho, mamadeiras, material de limpeza e higiene, escovas de dentes, shampoo e condicionador para as creches, além de novo mobiliário.


6 visualizações