Nova subsecretária da Educação nomeada hoje é servidora da rede há 18 anos



Servidora Pública Municipal há 18 anos, gestora de uma das maiores escolas municipais por dez anos, formada em Pedagogia com pós-graduação em Gestão Escolar e supervisão, casada com outro servidor público da Guarda Civil Municipal. Esse é o perfil da nova subsecretária de Educação de Campos: Rita Abreu. Com a entrada dela, a Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) passa a ser conduzida pelo secretário Marcelo Feres e três subsecretárias mulheres: Carla Patrão, da área de Gestão Orçamentária e Finanças; Suzana da Hora Macedo, de Ciência e Tecnologia; e Rita cuja nomeação está publicada na Portaria 506 do Diário Oficial desta quinta-feira (31) (AQUI)

Ela será responsável por gerir os processos de Animação Cultural, banda de fanfarra, projetos esportivos, projetos pedagógicos, supervisão escolar, matrícula e serviço social da Seduct. Também vai acompanhar a organicidade e o andamento dos projetos de interesse junto ao Poder Legislativo, após deferimento do Secretário. Outra atribuição será atuar com objetivo de integração com as demais Subsecretarias e incentivar o trabalho em equipe entre os gestores. Sua função visa, ainda, contribuir para o desenvolvimento de projetos, oferecer capacitação e treinamento para os gestores e técnicos dos setores, planejar atividades visando à otimização dos processos e melhoria dos serviços prestados; entre outras funções.

"Há um ano, ela vinha participando ativamente do Comitê Permanente de Planejamento e Gestão (CPPG), e desempenhando um excelente trabalho, ganhando a confiança de todos, inclusive do prefeito Wladimir Garotinho. A Secretaria tem muito a ganhar com a chegada da Rita que conhece a realidade da rede a fundo. Além disso, tem sensibilidade, bom-senso, capacidade de escuta e muita coragem para enfrentar os desafios", afirmou Marcelo.

Ele acrescentou que o CPPG é composto por diretores que ajudam a Secretaria a pensar a educação, por meio de um processo de construção colaborativa. Trata-se de um espaço contínuo de participação ativa, com base no princípio democrático do processo decisório, visando à melhoria da qualidade do ensino. O CPPG é formado por quatro representantes da Seduct e 14 gestores escolares, sendo dois gestores por cada região do município, que analisam documentos, ajudam a tomar decisões importantes e contribuem com o planejamento para toda a rede.

"Recebi o convite para participar do grupo de trabalho da atual gestão da Seduct devido à participação no CPPG e por me identificar com a nova proposta educacional nesta retomada da educação. Além disso, tenho experiências vivenciadas pelos gestores no seu dia a dia. Minhas expectativas são grandes. Quero contribuir com a experiência que possuo em gestão escolar na rede, conhecendo tantos desafios que enfrentamos diariamente, onde poderemos planejar e trabalhar em equipe, traçando metas e buscando objetivos comuns em prol de uma educação de qualidade", afirmou.

Rita atuou na direção do Ciep Maestro Villa-Lobos, no Parque São José (Guarus) desde 2012, escola que entrou como pedagoga em 2008. Antes, porém, ela foi professora da Creche Dom Hélder Câmara, no Parque Leopoldina, a partir de 2004. Ela tem dois filhos com o Guarda Municipal Fidélis. "Pretendo trabalhar muito com nossos gestores de escolas e creches, trazendo suas demandas e planejando ações em conjunto", disse. A partir de agora, ela também ficará à frente do CPPG. "O Comitê é um espaço de diálogo, discussão, planejamento e consultivo sobre os mais variados temas que englobam a educação e o planejamento de suas ações na gestão de nossas unidades escolares", comentou.

Rita falou, ainda, sobre o Programa de Aprendizagem Eficiente (PAE) que julga ser algo inovador. " O PAE visa à melhoria da educação, onde temos muitos atores envolvidos, que vai desde a formação continuada de nossos profissionais, bem como a utilização de tecnologias digitais e acordos com parceiros diversos que podem contribuir de alguma forma através de suas boas práticas à nossa Educação", explicou.

38 visualizações