Obras na E.M. José Manoel da Silva são elogiadas pelos pais




“A obra é de manutenção, mas parece uma reforma, de tão boa que ficou. A escola é outra, tinham duas salas e agora temos 5. A água era insalubre, agora tudo funciona. Eu entrei aqui ano passado e a escola estava destruída, foi furtada duas vezes. Atualmente, contamos até com o trabalho de Ronda Escolar. Não poderia ser melhor”. O relato é do diretor da Escola Municipal José Manoel da Silva, em Santo Amaro, Flávio Alexandre Chagas Vigneron. Localizada no distrito de Retiro, a unidade escolar que estava há cerca de 10 anos sem receber nenhuma obra passa, atualmente, por uma manutenção. Na unidade foi realizada manutenção geral e pintura, pavimentação de quadra e parquinho, restauração de brinquedos, construção de bancos, instalação de novas luminárias, ventiladores entre outros. Flávio explica que a escola tem 25 alunos, atende da Educação Infantil ao 5º ano e foi municipalizada em 2006. “Quando eu cheguei aqui ano passado eu até me assustei com a situação de abandono na qual a escola se encontrava. Materiais velhos, cadeiras antigas, mesas quebradas, era tudo muito assustador. E o que mais me chamou a atenção aqui na escola, quando eu cheguei, tinha mato em cima do portão, na quadra e no parquinho. Hoje, a realidade é outra. A gente chega na escola e tem prazer de entrar. É uma unidade renovada e, agora, podemos realmente chamar de escola. Tudo foi trocado. E o que mais me deixa feliz é ver que os alunos têm onde brincar, tanto na quadra quanto no playground. Até lâmpadas de led nós temos. É muito gratificante porque de pouquinho a pouquinho a escola está crescendo. A comunidade abraçou a escola, os pais são muito presentes e eu só tenho a agradecer ao prefeito Wladimir Garotinho e ao Secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, por essa nova realidade e pela atenção com nossa escola”, diz o diretor. Mãe de um aluno da José Manoel da Silva, Gilssara Dias Constantino, é moradora de Retiro e conta que a escola vivia em um estado deplorável. “Os móveis eram todos velhos e não havia condições das crianças utilizarem. Tinha até rato e insetos na escola. Não havia pintura em lugar algum. Não tinha água sequer no banheiro. Hoje, está tudo novinho. Um refeitório maravilhoso. Tudo de ótima qualidade. A escola está toda arrumada para os alunos. Temos policiamento fazendo a segurança das crianças e muito orgulho de vê-la funcionando de forma plena”, relata Gilssara.

Assim como Gilssara, Catia, também é mãe de um aluno da José Manoel da Silva, e está feliz com a reforma. “A escola é outra agora. Era totalmente diferente. Hoje, é uma nova unidade com tudo organizado e novo. A direção tem muito carinho com nossas crianças e tudo que precisava de melhoria, foi feito. As crianças têm prazer em estudar”, diz Catia. Com duas crianças matriculadas na escola, Marcele Constantino reforça. “Antes da reforma, as cadeiras que os alunos usavam nas salas de aula eram as mesmas utilizadas no refeitório. Atualmente, a escola está linda, uma maravilha. Posso dizer que essa escola tem sido o paraíso para as crianças. BALANÇO DAS OBRAS: Este ano, mais de 140 unidades já receberam intervenções ou estão recebendo. Cinco reformas foram concluídas e há outras 28 em execução. Duas novas unidades estão em construção. Além disso, há 44 unidades em manutenção atualmente e outras 67 manutenções já foram concluídas.

2 visualizações